header top bar

section content

O batismo de Júnior

30/06/2017 às 09h12

A “Guanabara do Sertão” (Foto: Reprodução Google Maps)

O empresário João Claudino Fernandes retornou mais uma vez ao Sertão do Rio do Peixe para rever/abraçar os amigos e pisar os mesmos caminhos de sua infância/juventude e olhar como está o prédio onde foi sua primeira casa comercial, a “Guanabara do Sertão”, situada na Rua Padre Ibiapina, no Bairro Alto do Belo Horizonte; vê o loteamento que está sendo implantado aonde antes era a fazenda de seu pai, Joca Claudino, que nela criava gado e tirava o leite para sustentar a família e se surpreender com o crescimento da cidade a cada período que daqui se ausenta.

Esta visita de Seu João a Cajazeiras tem um detalhe interessante que merece o registro: depois de 28 anos o seu jatinho pousa pela primeira vez em Cajazeiras com o aeroporto homologado e externou o desejo de decolar no período da noite, fato que não foi possível porque o engenheiro responsável não se encontrava em Cajazeiras para acender as luzes do aeroporto.

Trouxe consigo o seu filho João Claudino Júnior, que atualmente é o Diretor do Grupo Empresarial Claudino, para que ele pudesse conhecer a cidade de Cajazeiras, que o surpreendeu, e vê de perto, na cidade de Uiraúna, a Fundação Lica Claudino, onde pode assistir o que nela se produz de belo e interessante e saber que a FELC se constitui em obra educacional que tem se projetado em toda a Paraíba, pelos relevantes serviços nas áreas de música, dança e na realização de cursos profissionalizantes. Júnior é o vice-presidente desta fundação.

Seu João tem por esta escola um carinho todo especial, o mesmo amor que ele dedica a outra, na cidade Luís Gomes, no Rio Grande do Norte, terra que lhe serviu de berço, frutos do seu desejo de que elas sirvam de instrumento de promoção social para os jovens de uma imensa região e para elevar a auto-estima das famílias sertanejas, menos favorecidas economicamente, que as vêm como uma luz e um amparo para os seus filhos, para através delas vencerem na vida. Seu João também levou seu filho Júnior para ser “batizado” na Fundação que leva o nome de sua mãe: Francisca Claudino, em Luis Gomes – RN e esta visita já teve como conseqüência a determinação de sua expansão física.

Seu João levou Júnior para conhecer a cidade paraibana que leva o nome do patriarca da família: Joca Claudino, o que indiscutivelmente se constitui num grande orgulho para todos que formam esta grande família.

Neste “batismo” do jovem Júnior, tenho certeza que ele pode observar o carinho e amor com que seu pai se envolve e ampara as Fundações Lica Claudino e Francisca Fernandes e deve ter bebido os seus ensinamentos/lições para prosseguir com esta fonte transformadora e ampliadora de conhecimentos e de uma grandiosa riqueza de promoção social.

Para Seu João este retorno teve também um significado muito especial: no dia 23 de junho, era a festa das comemorações dos 50 anos do casamento de seu amigo de “priscas eras”, José Cavalcanti e Ildineti, uma amizade que perdura há mais de seis décadas. Nesta festa recebeu do casal uma bela e tocante homenagem, já que havia completado 87 anos de vida, no dia 21 de junho. A casa da fazenda Campo Alegre foi palco de uma noite histórica e inesquecível, estendida pela tarde/noite do dia seguinte com um recital de poesia com a encantadora, jovem e bela poetisa Mariana Teles, seguida pelos poetas repentistas José Viola e Valdir Teles, convidados especialmente por Seu João para dar brilho às festividades.

Neste “batismo” de Júnior, ele pode ver não só as obras empreendidas por seu pai, em Cajazeiras, Luís Gomes, Joca Claudino e Uiraúna, mas especialmente as construções de poderosas pontes de amizades e os grandes e valorosos amigos que ele cultua e preserva.

O futuro está nas mãos de Júnior, principalmente depois deste “ingresso” nos caminhos de seu pai e levado à pia batismal do amor, do trabalho, da esperança e da primavera sertaneja, ao som da música dos conjuntos e orquestras de suas Fundações.

O grande poeta Olavo Bilac já recitava: “A mocidade é a primavera!/ A alma cheia de flores, resplandece,/Crê no bem, ama a vida, sonha e espera,/E a desventura facilmente esquece.

Agradecimento

Eu e Antonieta queremos agradecer a Kilderi, Keroline e Cavalcanti filho pela recepção em sua fazenda Campo Alegre, na noite de São João para a festa das Bodas de Ouro de seus pais, Ildineti e Zé Cavalcanti e no dia seguinte para o delicioso churrasco, na companhia de muitos amigos.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br