header top bar

section content

Para comemorar

01/05/2014 às 10h23

Sei que a nossa cidade não é bem afeita à sua memória, muito embora sejamos cantados em verso e prosa como a cidade da cultura. Assim, entra ano e sai ano e, nada de nos movimentarmos com relação ao nosso museu e ou ao memorial, aqui acolá vemos algumas falas que nos anima, entretanto, com o passar do tempo essa fala é esquecida e, nada acontece, tudo volta à estaca zero. Saudosista, ultrapassado, velhinho, esses são algumas das referências que nos é repassada quando falamos nesta luta em busca da história desta cidade, seja ela em qualquer área. Mas, entendo, que mesmo com essa dificuldade toda, cada um de nós que pode fazer algo para esse resgate, tem o dever perante a terra do Padre Rolim de trabalhar em favorecimento da memória e da história desta.

Estamos debruçado, a anos, em uma pesquisa que mostrará o futebol de Cajazeiras desde o seu início até os dias atuais, e que se transformará, se Deus quiser em um livro, é duro, isso é uma verdade, mas, nos comprometemos com o projeto e ele segue o seu curso dentro de uma normalidade que as vezes me parece cansado. Empolga e emociona ver quanto é rica a nossa memória e a nossa história, as descobertas são tão maravilhosas que vibramos como se estivéssemos marcando um gol para o Atlético em final de campeonato.

Pois bem, em 1974, portanto a exatos 40 anos passados, Cajazeiras participava pela primeira vez do Campeonato Paraibano de Futebol profissional e nesta ocasião de fazia representar pelo Botafogo Futebol Clube de Cajazeiras. Foi em 1964, 50 anos lá atrás, que o Estádio Higino Pires Ferreira, recebia como presente do centenário da cidade, a instalação, naquela época, do mais moderno sistema de iluminação de um campo de futebol no Estado da Paraíba. Em 1954, 60 anos completados, um grupo de intelectuais apaixonados pelo Atlético Cajazeirense de Desportos, lançava na terra do Padre Rolim o jornal Flash que trazia notícias do futebol, dos esportes e da vida social cajazeirense e regional.

Para finalizar, em 1944, Sérgio David fundava em Cajazeiras o Tabajaras ou seja a 70 anos passados. Como vivo e vibro com essa história e essa memória quero garantir aos que como eu são eternos saudosistas que estamos em um processo de um projeto que visa uma mostra desse acervo aqui nominado para que possamos reascender os grandes momentos de glória vividos pelo futebol cajazeirense a 40, 50, 60, 70 anos e assim, quem sabe, motivar as nossas autoridades locais e estaduais para que elas possam entender que a memória e a história de um povo deveria ser sempre uma prioridade.

Torcida do Atlético já pensa 2015
O Campeonato Paraibano ainda não terminou e nem se sabe quando e como ele terminará, entretanto, a galera do Atlético Cajazeirense de Desportos já começa a pensar no clube para a temporada 2015. E o raciocínio é simples e lógico. 2014 se mostrava um ano altamente promissor para o Trovão Azul do Sertão e desde a apresentação dos jogadores lá na CDL, nem o mais pessimista torcedor do Mais Querido do Sertão ousava pensar em um primeiro turno tão medíocre do seu time e que se não fosse a Queimadense e o Sport Campina o Atlético estaria na segunda divisão em 2015. Assim é que o torcedor quer uma diretoria mais forte e com mais apoio para que um grande grupo possa ser montado para a próxima temporada.

Apoio forte
Quem esteve em Cajazeiras visitando a sua terrinha foi o radialista Iata Andersom. Filho da terra do Padre Rolim, Iata se disse um apaixonado pelo seu primeiro clube o Atlético Cajazeirense de Desportos. Nas conversas que mantivemos quando da sua estada entre nós, ele se disse pronto a ajudar ao Trovão Azul do Sertão. Falou que vai buscar um grande projeto de estruturação para o Mais Querido do Sertão que fortalecerá a construção de um Centro de Treinamento e definir um trabalho com as categorias de base para a formação de atletas. Disse ainda que tentará uma parceria com um grande clube do futebol brasileiro para que esse possa ajudar significativamente o Atlético. Claro, tudo dependerá, da próxima diretoria que vai administrar os destinos do clube.

BOLA DENTRO
Para o andamento das obras de construção das novas arquibancadas do Perpetão. Parece que a coisa agora está andando e até se observa a força que estão fazendo para terminar dentro do prazo. Vale o esforço e a NOTA 10!

BOLA FORA
Para a briga da Junta que comanda a FPF na tentativa de terminar o Paraibano antes da Copa do Mundo. O reflexo da desorganização do nosso futebol começou a aparecer agora e vai longe. Justifica-se a NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br