header top bar

section content

Sargento da PM suspeito de matar vice-presidente do PT pernambucano é preso

A missão de ir buscar Flávio para depor foi dada no início da manhã de ontem pelo secretário de Segurança Pública, Eitel Santiago

Por

28/01/2009 às 10h00

O sargento reformado da Polícia Militar Inácio Flávio Pereira foi preso nesta terça-feira (27), acusado como um dos mandantes do assassinato do advogado e vice-presidente do PT de Pernambuco, Manoel Mattos, de 40 anos, ocorrido na noite do último sábado, na Praia de Acaú, litoral paraibano. O comandante da Polícia Militar, coronel Kelson de Assis Chaves, foi pessoalmente às cidades de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, e Pedras de Fogo, na Paraíba, buscar o sargento reformado, cumprindo uma determinação expressa do secretário de Segurança Pública e Defesa Social da Paraíba.

A missão de ir buscar Flávio para depor foi dada no início da manhã de ontem pelo secretário de Segurança Pública, Eitel Santiago, durante reunião com o comandante da PM, policiais e promotores públicos envolvidos no inquérito que apura o assassinato. O encontro do coronel Kelson com o sargento Flávio foi flagrado pelos repórteres do Jornal do Commercio.

O sargento Inácio Flávio negou que tivesse envolvimento com a morte do advogado. A polícia da Paraíba também prendeu uma pessoa que seria a proprietária de uma das armas utilizadas no crime. O sargento teria ameaçado a vítima, em dezembro do ano passado, numa churrascaria da região. Além da acusação de mandante da morte do advogado, o sargento Inácio Flávio é acusado de vários homicídios praticados na região.

Da Redação com ClickPB

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares