header top bar

section content

Caldeira faz um desabafo em seu Blog sobre Léo

O Jornalista Fernando Caldeira no seu Blog fez uma perspectiva da gestão do Governo Léo Abreu que começa em Janeiro e pelo jeito não gostou muito do prefeito eleito ter cancelado uma entrevista que aconteceria domingo em seu programa dominical ás 11h00min na rádio Alto Piranhas. Confira na integra: Cheguei a pensar que com a […]

Por

24/12/2008 às 21h39

O Jornalista Fernando Caldeira no seu Blog fez uma perspectiva da gestão do Governo Léo Abreu que começa em Janeiro e pelo jeito não gostou muito do prefeito eleito ter cancelado uma entrevista que aconteceria domingo em seu programa dominical ás 11h00min na rádio Alto Piranhas.

Confira na integra:

/Cheguei a pensar que com a eleição de um jovem médico, em Cajazeiras, a história seria diferente.

Mesmo distante da campanha sucessória cajazeirense, imaginava que o vigor juvenil do eleito, Leonid Abreu, e sua condição de filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), lhe creditavam o cumprimento da palavra empenhada em campanha.

Afinal, ali não estava, imaginava eu, um político profissional, carreirista, daqueles que promete pra ganhar a eleição, e depois simplesmente esquece tudo que disse nos palanques. Acreditei, como a maioria também acreditou.

Acreditamos, eu e a maioria, que aqueles discursos e debates onde o sr. Leonid bradava alto e bom som que os funcionários públicos ficassem tranqüilos porque não iria perseguir ninguém, fossem verdadeiros. E o que vemos hoje, ainda antes do eleito tomar posse?

Segundo a imprensa cajazeirense está noticiando, a promessa política em que eu e a maioria dos cajazeirenses acreditou já começou o terrorismo administrativo, bem comum dos deslumbrados com a chegada ao poder! Noticia a imprensa local que o sr. Leonid Abreu suspenderá o concurso público realizado na atual administração, “até que o Ministério Público avalie sua legitimidade.” Ora, ora, meus amigos, o prefeito eleito disse no debate da UFCG, durante a campanha, que não iria entrar na justiça contra o tal concurso.

Como se vê, a história é sempre a mesma, não muda: prometem, prometem, se comprometem, asseguram, juram de pés juntos, mas depois de eleitos, f… promessa.

Mas é preciso que alguém oriente o nosso prefeito para não falar do que não sabe. Ele não pode suspender o concurso, simplesmente porque isso não lhe compete, senão à justiça. E esta, para fazê-lo, terá que enxergar vícios insanáveis na realização do mesmo.

E como o sr. Leonid também comprometeu-se, há tempos, a prestar entrevista ao nosso programa Trem das Onze, na Rádio Alto Piranhas, e somente nesta segunda-feira (22), cinco dias antes da realização do mesmo, é que a desmarcou sob alegação de confraternização em família, em João Pessoa, fico a me indagar: será se o motivo de não mais prestar a tal entrevista é mesmo esse? Ou será o medo de perguntas? Sim, porque com tantas mudanças do discurso do candidato para o discurso do prefeito eleito, não são poucas as perguntas que o povo anda fazendo nas ruas, e gostaria de ouvir as respostas. E como não é todo programa, nem toda emissora de rádio, que tem independência para fazê-las, suspeito firmemente que esse seja o real motivo.

Lamento dizer, mas é um péssimo começo. Lembra aquela estorinha do menino que mentia e o nariz crescia! Lembram?

Do Blog de Fernando Caldeira

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares