header top bar

section content

Banda Aviões do Forró é processada por dupla de compositores por se apossarem de sua música não pagarem, segundo jornal

Segundo Léo Dias, Allan Clistenis e Arley Cristian acusam grupo de usar música deles

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/02/2016 às 15h15

A banda Aviões do Forró está sendo processada pela dupla de compositores Allan Clistenis e Arley Cristian desde 2012. Segundo a coluna de Léo Dias, do jornal O Dia, eles acusam o grupo de se “apossarem” da música Só Se For Gelada, de autoria deles, que ficou conhecida na voz de Solange Almeida e Xand.

Em entrevista à publicação, Allan contou que a banda lucrou em cima da música deles, sem repassar nada para os autores.

— Eles começaram a executar a nossa música como se fosse deles! Fecharam parcerias com cervejarias — porque a letra fala de cerveja — mesmo depois de uma liminar expedida pelo juiz estipulando uma multa de R$ 5 mil ao dia.

Ainda de acordo com Allan, o Aviões do Forró fez a mesma coisa com a música Só Pra Lavar, que está no repertório do show da banda atualmente.

— Eles passaram a comercializar a música como deles novamente. Tenho mais de 20 anos de carreira. Meu irmão e eu temos uma banda pequena chamada Banda Dibôa e a gente luta para ter sucesso. Aí vem um grupo grande como o Aviões e usa as nossas canções indevidamente.

Ao jornal, a assessoria de imprensa do Aviões do Forró contou que desconhece o processo.

R7

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa