header top bar

section content

Delegada afirma que segura as lágrimas ao interrogar crianças vítimas de estupro. Vídeo

Yvna Cordeiro disse que a polícia civil trabalha em parceria com o Conselho Tutelar e Centro de Referência em Assistência Social (Creas)

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

01/06/2016 às 15h25 • atualizado em 01/06/2016 às 15h33

A reportagem do portal Portal e TV Online Diário do Sertão, entrevistou a delegada especializada em violência contra a mulher, Yvna Cordeiro, que faz parte da 19º Área Integrada da Polícia Civil, em Sousa.

Yvna Cordeiro disse que a polícia civil trabalha em parceria com o Conselho Tutelar e Centro de Referência em Assistência Social (Creas). As estatísticas não são boas em relação aos casos de crimes sexuais em Sousa. Em 2015, ocorreram 8 crimes de estupro durante o ano, em 2016 já são 7 contabilizados, sendo que, 2 confirmados e 5 em andamento, fato que se torna uma estatística preocupante.

A delegada afirmou é preciso ter muita frieza para conversar e interrogar as vítimas de estupro, principalmente quando elas são crianças.

“A vítima chega na delegacia buscando auxilio, me emociono sim, mas internamente, devo sempre transmitir a tranquilidade para a vítima. Depois que termino o interrogatório é claro que fico muito emocionada, abalada com a situação, durmo e acordo pensando no caso, também sou ser humano, e me coloco no lugar daquela pessoa, mas na hora do trabalho tenho que manter o compromisso com o serviço”, destacou.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan