header top bar

section content

EM SOUSA: Polícia Rodoviária Federal retém dois ônibus de empresa que explora linha sem permissão

Segundo a PRF, para fazer o transporte de passageiros uma empresa tem que possuir uma autorização legal, através de concessão pública

Por Redação Diário

17/07/2016 às 00h20 • atualizado em 17/07/2016 às 11h38

Os dois coletivos foram abordados no quilômetro 465 da BR 230, em Sousa. (Foto: ASCOM PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, na tarde desta sexta-feira (15), dois ônibus da empresa Trans-Fácil realizando o transporte de passageiros entre o município de Sousa, situado no Sertão paraibano, para outras localidades sem possuir permissão para o serviço prestado. Os dois coletivos foram abordados no quilômetro 465 da BR 230, em Sousa.

Para fazer o transporte de passageiros uma empresa tem que possuir uma autorização legal, através de concessão pública. Além disso, os veículos devem ser licenciados na categoria aluguel (placa vermelha).

Não era o caso dos dois ônibus da Trans-Fácil que a PRF flagrou durante fiscalização de rotina. Os agentes da Polícia Rodoviária Federal requisitaram outros dois ônibus legalizados e credenciados para que pudessem levar todos os passageiros aos destinos sem qualquer prejuízo para eles. A Trans-Fácil cobrava um valor de R$ 2,50 por passagem, mas teve que devolver os valores para todos os passageiros.

ASSESSORIA DA PRF

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula