header top bar

section content

Vídeo mostra repórter da TV Record agredindo mulher que tentava impedir gravação. VEJA!

Após ouvir uma ofensa à mãe de uma das moradoras do lugar, a repórter Francy Rodrigues se irritou com os comentários e partiu pra cima da mulher

Por Estagiário

14/11/2016 às 11h06

Jornalista da Record se envolve em confusão (Foto: Reprodução)

Uma importante reportagem de TV acabou terminando em confusão e agressão entre uma repórter da Record e uma mulher que acompanhava a gravação, nesta quinta (10).

A matéria falava sobre os desdobramentos de um protesto de reintegração de posse de uma aérea rural de São Sebastião, cidade satélite de Brasília. Após ouvir uma ofensa à mãe de uma das moradoras do lugar, a repórter Francy Rodrigues se irritou com os comentários e partiu pra cima da mulher.

De acordo com o site NaTelinha, os moradores se revoltaram com a equipe do Balanço Geral do Distrito Federal, que teria chamado os posseiros de “bandidos” durante a exibição de um VT anterior. Antes dela, outros repórteres da emissora já haviam sido hostilizados pelos moradores.

A confusão foi filmada com celular e está dando o que falar nas redes sociais.

Assista:

Após a divulgação do vídeo, Francy deu sua versão do caso no Facebook e recebeu apoio de vários colegas de casa. “Viro bicho por quem eu mais amo na vida. E foi isso que fiz ao ouvir agressões à minha mãe”, escreveu a jornalista, que aparece com regularidade no Jornal da Record.

Segundo ela, o bafafá começou porque a mulher gritava para tentar impedi-la de gravar a reportagem. “Até que eu reagi “você se meteu na conversa sem ser chamada”. Foi o mesmo que jogar álcool no fogo. Deu no que deu.”

VEJA

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula