header top bar

section content

Novo Centro de Imagem do Hospital de Trauma realiza quase 50 mil exames

O equipamento funciona 24 horas. Além deste equipamento a unidade conta com outra tomografia que foi reformada e customizada para atendimentos infantis.

Por Priscila Belmont

22/03/2017 às 16h57

Novo centro de imagens do trauma realiza mais de 50 mil exames em 6 meses.

O novo Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI) do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena realizou, nestes seis primeiros meses de funcionamento, cerca de 50 mil exames, entre tomografia computadorizada, raio X e ultrassonografia, uma média de 8.200 procedimentos mensais e cerca de 270 atendimentos por dia. Os pacientes, tanto ambulatoriais como os internados na instituição de saúde, contam com um espaço humanizado e com equipamentos de última geração, dando mais conforto, precisão e eficácia nos atendimentos prestados.

O maior destaque da reforma foi a aquisição de um equipamento de tomografia da marca GE multislice 16 canais com bomba injetora, que já realizou mais de 12 mil procedimentos, ou seja, cerca de 67 atendimentos diários, incluindo diagnóstico de crânio, tórax, abdômen e angiotomografias. O equipamento funciona 24 horas. Além deste equipamento a unidade conta com outra tomografia que foi reformada e customizada para atendimentos infantis.

Totalmente informatizados os serviços de diagnóstico por imagem da instituição contam com o sistema PACs / RIS, no qual as imagens são armazenadas e distribuídas pela rede do hospital, bem como ainda podem ser acessadas via internet. Dentro do sistema, além do exame, são guardados os pedidos médicos bem como o boletim de atendimento.

As salas de Raios-X também foram reformadas e os equipamentos foram digitalizados, com a devida instalação de um CR Multi e um CR Mono, ambos da Marca Fuji. Os chassis de filme/películas foram substituídos por cassetes com placas de fósforos, sendo estas lidas nos CRs. Os equipamentos de Ultrassonografia foram totalmente revisados, com a devida aquisição/troca de peças do próprio fabricante. O serviço possui ainda dois “Arcos C”, que também foram alvo de manutenções em geral, sendo um totalmente recuperado.

A coordenadora do Centro de Diagnóstico por Imagem – CDI, Irinalda Dantas de Lima, destacou que os exames seguem protocolos internacionais. “Seguimos os protocolos internacionais que reduzem a dose de radiação a ser exposta ao paciente, além de dar qualidade e eficácia nos procedimentos. Além disso, os exames ofertados são todos da tabela SUS. Como melhorias indiretas, podemos destacar arquivamento digital das imagens, eliminando a necessidade de espaço físico, envelopes e películas para serem guardadas. Outra grande vantagem do sistema é conseguir faturar e ter controle de 100% do que é realizado no serviço, pois tudo está à disposição no sistema”, destacou.

Sabrina Bernardes, diretora geral do complexo hospitalar, ressaltou que o novo CDI oferece as melhores condições de tecnologia para que o médico realize um diagnóstico preciso. “Dinamizamos o atendimento dos pacientes internos, pois agora contamos com a eficiência de dois tomógrafos. Além disso, todos os exames realizados no local serão digitalizados proporcionando mais agilidade para o profissional de saúde”, explicou.

De acordo com o superintendente da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), Milton Pacífico, o Governo do Estado, por meio da gestão pactuada entre a CVB e a Secretaria de Saúde, tem realizado muitos investimentos no Hospital de Trauma, tendo em vista que a maior parte dos atendimentos de média e alta complexidade é feita pela unidade de saúde. “Foram quase 500 m² de reforma, revitalização e modernização do novo CDI. Tudo isso para que a população paraibana possa ter o melhor e mais rápido atendimento, no que diz respeito à média e alta complexidade do estado”, ressaltou.

Secom

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares