header top bar

section content

Aos 81 anos, idoso conclui 3º curso superior e se forma em Direito

Valter Ferreira já tinha formação em Turismo e Metodologia de Ensino. Agora, quer passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Por Priscila Belmont

26/03/2017 às 12h53

Valter concluiu a terceira graduação e se formou em Direito, em Salvador (BA).

A aposentadoria é sinônimo de descanso para muitos trabalhadores. No entanto, para Valter Ferreira, de 81 anos, o marco foi o início de uma jornada de intensa dedicação aos estudos. Nesta sexta-feira (24/3), Valter concluiu a terceira graduação e se formou em Direito, em Salvador (BA). Ele já tinha diplomas de Turismo e Metodologia de Ensino.

“Eu sempre gostei de estudar. Um hobby que eu tenho é estudar. E gosto mesmo. Faço com que todo o pessoal da minha família estude. Eu estudava em uma base de 4h a 5h. Ás vezes, eu chegava da faculdade às 22h, 22h30. Eu não ia dormir, eu ia estudar, até umas 2h da manhã”, contou o aposentado à reportagem da TV Bahia, da Globo.

Valter, que atuou como servidor público até os 52 anos, disse que decidiu mergulhar nos estudos depois de aposentado porque sempre viu a atividade como um hobby.

Foram quase trinta anos até chegar à terceira formação. E se engana quem pensa que este é o fim do caminho. O aposentado disse à reportagem que quer passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para atuar como advogado, e que tem vontade de fazer um curso de especialização na área.

“Mestre em tudo”

Emocionados, familiares comemoraram a conquista de Valter durante a colação de grau. “Ele é uma referência para a gente. Ele é o nosso mestre em tudo. É a pessoa que direciona a nossa vida”, disse Alice Almeida, neta do aposentado. “Que homem poderoso. Ninguém diz que ele tem 81 anos”, completou Bárbara Almeida, outra neta de Valter.

A dedicação desmedida é confirmada por Marília Carvalho, também neta do aposentado e advogada. “Eu pego uns casos e ele discute comigo. Estuda até de madrugada. Me traz livros para poder discutir as teses. Então, ele ama o que ele faz. Ele vai ser muito feliz e muito atuante na profissão”, contou.

Segundo Luzia Cruz, filha do aposentado, o esforço do pai foi um incentivo para que ela e as irmãs também estudassem. “Todas nós, eu e minhas irmãs, somos formadas e seguimos o exemplo dele. Ele já disse que não vai parar”, contou.

Metrópoles

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor