header top bar

section content

Governo retoma negociação com o Banco Mundial para financiamento de obras hídricas

A retomada das negociações para a obtenção do empréstimo só foi possível porque a Paraíba se encontra atualmente em uma situação fiscal favorável

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

29/06/2017 às 17h30

Além da execução de importantes obras para o estado da Paraíba, os recursos também possibilitarão a melhoria na qualidade de gestão de alguns órgãos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia (Seirhmact), retomou a negociação com o Banco Mundial para a captação de empréstimo no valor de US$250 milhões que serão destinados à execução de obras de infraestrutura hídrica e melhoria na qualidade de gestão de alguns órgãos estaduais.

A retomada das negociações para a obtenção do empréstimo só foi possível porque a Paraíba se encontra atualmente em uma situação fiscal favorável, como explica o secretário da Seirhmact, João Azevedo. “Hoje, o próprio Tesouro Nacional entende que a Paraíba está bem melhor em relação à situação fiscal. Sendo assim, eles sinalizaram para o Banco Mundial a possibilidade da retomada desse empréstimo. O governador Ricardo Coutinho já autorizou a retomada dos trabalhos de negociações e esperamos que em agosto a gente possa entrar  com o pedido para análise da nossa carta consulta”, afirmou.

Com a obtenção do empréstimo, importantes ações poderão ser realizadas no Estado da Paraíba, como obras de esgotamento sanitário em João Pessoa e cidades no interior, e construção e ampliação de mais uma estação de tratamento na capital paraibana,  construção de mais cinco grandes barragens, obras da segunda etapa da Adutora TransParaíba.

Além da execução de importantes obras para o estado da Paraíba, os recursos também possibilitarão a melhoria na qualidade de gestão de órgãos como a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) e Agência de Regulação do Estado Paraíba.

Participaram da reunião de negociação com o Banco Mundial, além de João Azevedo, Deusdete Queiroga, secretário executivo da Seirhmact, o chefe de gabinete Guarany Marques, o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa PB), João Fernandes, o especialista em Água e Saneamento do Banco Mundial, Tadeu Abicalil, entre outros técnicos da instituição financeira.

Secom

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan