header top bar

section content

veja mais Região de Cajazeiras

Após assassinato de jovem, proprietário anuncia fechamento de bar em Cajazeiras

O proprietário revelou que vai fechar porque é um homem de bem e estabelecimento vem recebendo muitas críticas. OUÇA!

Por

27/01/2016 às 16h00

Palhoça do Serafim é fechada em Cajazeiras

O proprietário da palhoça do Serafim, conhecido por Serafim, resolveu nesta quarta-feira (27) fechar o estabelecimento, localizado na Zona Norte de Cajazeiras. O bar funcionava durante as sextas e domingos recebendo dezenas de simpatizantes. 

O local foi palco do assassinato da jovem Juliana Aparecida de Sousa, 18 anos, que se envolveu em uma briga com Assussena Félix Gomes, 20 anos, e foi esfaqueada no pescoço. Juliana chegou a ser socorrida para o hospital, mas não resistiu e morreu.

Funcionando há 13 anos em Cajazeiras, as informações repassadas por freqüentadores é que outras ocorrências de violência já foram registradas na palhoça. O local também promovia o carnaval e festas.

VEJA TAMBÉM

► Jovem de 18 anos é assassinada com facada no pescoço após briga em bar de Cajazeiras

O proprietário revelou que vai fechar porque é um homem de bem e estabelecimento vem recebendo muitas críticas.

Segundo ele, o homicídio não foi o motivo para encerrar o funcionamento. “Quero zelar pelo meu nome”.

Serafim informou que tinha 20 funcionários que estão perdendo seus postos de trabalho, mas disse que vai pensar em outro tipo de comércio para funcionar no local, mas avisou que não venderá mais bebidas alcoolicas.

Em 2012, o concurso para escolha de rei e a rainha do carnaval de Cajazeiras foi realizado na Palhoça do Serafim.

Ouça áudio do Diário do Sertão!

DIÁRIO DO SERTÃO

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Com estádio superlotado, Atlético de Cajazeiras joga mal e é goleado pelo Botafogo de João Pessoa no primeiro jogo da semifinal

TROVEJOU EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Com novo treinador, Atlético vence Inter, volta ao G4 e vai para última rodada decidir vaga com time de Campina

FERVENDO

Oposicionista de Sousa aponta erros de André que o fizeram freguês de Tyrone, cobra redução da taxa, revela seu pecado e dispara: “Palhaçada”

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Juiz sousense que atuou em Uiraúna e Cajazeiras conta os bastidores dos processos da morte de gerente de banco e da chacina dos três menores – VÍDEO!