header top bar

section content

Jovem de 18 anos é assassinada com facada no pescoço após briga em bar de Cajazeiras

A polícia civil está investigando o que motivou o assassinato. Esse foi o segundo homicídio registrado em Cajazeiras em 2016.

Por

25/01/2016 às 00h14

Vítima ainda foi socorrida para o Hospital de Cajazeiras, mas acabou morrendo (foto: WhatsApp)

Uma confusão entre duas mulheres resultou em tragédia na noite do domingo (23), em um bar que fica localizado na Zona Norte da cidade de Cajazeiras. A jovem Juliana Aparecida de Sousa, 18 anos foi assassinada com uma facada no pescoço após se envolver em uma briga com a acusada Assussena Félix Gomes, 20 anos.

VEJA TAMBÉM

Homem morre em grave acidente após fazer visita aos irmãos; ele retornava para casa da mãe. Veja as fotos!

Vídeo exclusivo mostra detalhes do primeiro homicídio de 2016 em Cajazeiras; homem foi morto com tiro na cabeça

De acordo com informações da polícia militar, as duas jovens estavam no  restaurante quando elas se desentenderam e iniciou a o bate-boca. Assussena se armou com uma faca e desferiu um golpe no pescoço de Juliana que foi socorrida pelo Samu até o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito instantes depois.

 

O corpo de Juliana foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização do exame cadavérico.A acusada foi presa e conduzia até a delegacia de polícia civil onde ficou à disposição do delegado de plantão.

A polícia civil está investigando o que motivou o assassinato. Esse foi o segundo homicídio registrado em Cajazeiras no ano de 2016.

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor