header top bar

section content

Filha de funcionário público assassinado a tiros, pede justiça; ela vai todos dias ao cemitério: “Era meu heroi”

Hilton Nogueira do Nascimento, tinha 65 anos e foi assassinado a tiros após uma festa de confraternização familiar no Sertão da Paraíba. Veja o vídeo!

Por

15/01/2016 às 10h44

A reportagem do portal e TV Online Diário do Sertão, entrevistou nesta sexta-feira (15) a recepcionista Indianara Vieira, ela é filha do funcionário público Hilton Nogueira do Nascimento, que tinha 67 anos e foi assassinado a tiros após uma festa de confraternização familiar na cidade de Santa Cruz, no Sertão da Paraíba.

Indianara pediu justiça e afirmou que a família está sofrendo bastante com a morte de Hilton Nogueira que trabalhava como motorista do Centro Educacional do Adolescente em Sousa (CEA). 

"Só quero Justiça, ele era meu heroi, amigo, meu tudo. E vem um cara desses covarde fazer isso com meu pai. Peço a todos que denunciem, liguem 197 para que ele seja preso", disse ela.

A recepcionista disse ainda que vai pelo menos duas vezes por dia ao cemitério visitar o túmulo do pai. "Não consigo dormir, procuro buscar ao senhor Jesus todos os dias para me dar forças. todos os dias vou ao cemitério visitar meu pai", disse.

Indianara afirmou ainda que não perdoaria o acusado. "No momento eu não perdoo a atitude dele, um dia quando Deus trabalhar no meu coração, e eu terei que perdoar, mas hoje, não perdôo essa atitude covarde que ele fez, tirar a vida de meu pai“, finalizou.

Leia também:

Choro e muita comoção marcam velório do sousense assassinado a tiros após festa

Vídeo: Polícia procura acusado de matar uma pessoa e ferir mais duas em confraternização

Entenda
Três pessoas foram alvejadas a tiros durante uma festa em uma residência no município de Santa Cruz, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram socorridas pra o Hospital Regional de Sousa.

Ainda segundo a PM, várias pessoas participaram da confraternização, quando houve uma discussão e um homem identificado como "Queca", efetuou vários disparos de arma de fogo que atingiram três pessoas: Hilton Nogueira do Nascimento, de 65 anos, Guilherme Sarmento Vieira, e Maria Eliane.

As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional de Sousa onde permanecem internadas recebendo atendimento médico. O motorista Hilton Nogueira do Nascimento (foto acima), 65 anos, foi atingido foi atingido com um tiros na cabeça, rosto e braço, e foi transferido em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) até o Hospital de Trauma de Campina Grande para passar por procedimento cirúrgico, mas não resistiu e acabou falecendo.

A Polícia Militar está realizando diligências para tentar localizar e prender o acusado da tripla tentativa de homicídio. A Polícia Civil está investigando para desvendar o que motivou o crime.

DIÁRIO DO SERTÃO

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada