header top bar

section content

Dois jovens morrem nesse começo de ano no Sertão; Um de acidente e outro de tiros. Foto

Segundo as informações, o jovem perdeu o controle da moto e sobrou em uma curva, indo a óbito ainda no local.

Por

02/01/2015 às 10h10

Um grave acidente foi registrado nessa sexta-feira (1º), no Sertão da Paraíba. A vítima foi identificada por Paulo Anderson Santos Clementino, 35 anos, natural de Santana de Mangueira .

Veja mais!

Jovem de 19 anos morre em grave acidente na região de Cajazeiras; confira a última imagem e a mensagem postada por ela nas redes sociais e fotos do acidente

Jovem morre e outras duas pessoas ficam feridas em acidente na região de Sousa. Veja

O acidente aconteceu em um trecho da Rodovia PB-306, que interliga os municípios de Santana de Mangueira e Manaíra, nas proximidades do sítio Cipó, zona rural de Santana.

Segundo as informações, o jovem perdeu o controle da moto e sobrou em uma curva, indo a óbito ainda no local.

Mais
Já na madrugada deste sábado (02) foi registrado o primeiro homicídio do ano na região do Vale do Piancó. O crime ocorreu na cidade de Serra Grande.

O jovem José Rubens Barros de Araújo, 32 anos, natural de Diamante foi assassinado a tiros no momento que estava descendo de uma caminhonete nas proximidades de um clube de lazer. Ele estava acompanhado de uma mulher no momento do assassinato.

As informações dão conta que José Rubens tinha inimigos na cidade de Diamante e estava morando com os pais em Serra Grande. O jovem tinha passagem pela polícia por porte ilegal de arma.

DIÁRIO DO SERTÃO 
Com DiamanteOnline

Tags:
CALDEIRÃO POLÍTICO

Radialista comenta a polêmica união do Prefeito de São João do Rio do Peixe com Ricardo Coutinho. VEJA

CASOS QUASE PERDIDOS

VÍDEO: Médico cajazeirense relata ‘milagres’ na sala de cirurgia que ‘resgataram’ pacientes da morte

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

A divindade de Cristo e do Espirito Santo é bíblica? Programa Evangélico tira dúvidas em relação ao tema

EX-POLICIAL MILITAR

VÍDEO: Antes de virar pastor, ex-policial diz que matava pessoas porque resolveu “tomar o lugar de Deus”