header top bar

section content

Coronel da PM fala sobre efetivo do batalhão e estratégia para combater a violência. Vídeo

O Comandante disse que é preciso estudar, pensar, analisar, sobre a formação de policiais em Sousa. Veja!

Por

24/11/2015 às 15h09

O comandante da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves, esteve presente na passagem de Comando do 14º BPM em Sousa nesta terça-feira (23).  Em entrevista ao Portal e TV Diário do Sertão, Chaves disse que não é só o efetivo da polícia que vai resolver o problema da criminalidade em Sousa. É preciso estabelecer a validação das ações policiais com mais força, segundo ele esse é um problema do legislativo, e será viável realizar um trabalho eficaz em relação às drogas. 

Sobre o número de efetivos, o Coronel argumentou que a região de Sousa tem em sua área 1 policial para cada 646 habitantes, um número dentro da concepção de estado não muito bom, mas mesmo com esse efetivo não ideal, só no ano passado a taxa foi 13,76 por 100 mil habitantes.

De acordo com ele, O efetivo é importante, e é um problema de muitos anos que está presente em quase todas as cidades, não só na Paraíba mas no país.   

Chaves ainda falou sobre o aumento de homicídios nesse ano na grande Sousa. Segundo ele, só no ano passado foram cerca de 22 homicídios, e nesse ano de 2015 o número sobe para 34, porém não é culpa do comando e nem do comandante, é um contexto que precisa ser avaliado.

Ele declarou que estão fazendo a mudança para buscar e experimentar novos momentos, construir com todos os policiais e a sociedade algo diferenciado, e mais: "Quero agradecer o trabalho desempenhado pelo Major Rômulo Araújo na cidade de Sousa. Isso se deve a um conjunto de ações que envolve policiais, imprensa, educação e Ministério Público". 

O Comandante disse que é preciso estudar, pensar, analisar, sobre a formação de policiais em Sousa, e que existem  sonhos e essa possibilidade pode sim existir. Mas o que há de mais importante nesse momento é aplicar os recursos humanos e estabelecer estratégias.  

Chaves foi irônico quanto a reforma do Batalhão em Sousa e fez referência à poetisa Cora Coralina: “nada há de tão bom que não possa ser melhorado”, vou procurar melhorias e é preciso estabelecer uma nova unidade.

DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória