header top bar

section content

Tio e sobrinho negam participação em morte de Marcos Aleijado; Comando da polícia revela operação para combater tráfico em Cajazeiras

"Vamos formar uma Força Tarefa para acabar com essa vagabundagem que está atuando no tráfico de drogas. Disse ele.

Por

13/11/2015 às 16h00

Após um tiroteio entre policiais e traficantes no Bairro Mutirão, zona norte de Cajazeiras, na manhã dessa sexta-feira (13), dois homens foram presos e estão sendo acusados de envolvimento na morte de Marcos Pereira da Silva, o Marcos Aleijado, assassinado a tiros na noite da última terça-feira (10).

Veja mais!

 Sexta-feira 13: Após três tiroteios e clima muito tenso, polícias Civil e Militar agem e prendem acusados de matar Marcos Aleijado em Cajazeiras; Polícia apreende muita droga​

 Delegado conta detalhes do assassinato e comandante desmente toque de recolher em Cajazeiras

► Homem é assassinado com tiros na cabeça na calçada de sua casa em Cajazeiras

Francisco Cândido Bento, conhecido como Fanca, e seu sobrinho Jefferson Bento Ferreira, o popular Paulistinha, negam participação na morte de Marcos Aleijado. Paulistinha, inclusive, teria pedido aos policiais a realização de um exame residuográfico e uma acareação com a esposa da vítima, já que, segundo ele, ela teria visto quem atirou no seu marido.

“Não fui eu. Estou mentindo não. Corro pelo certo. Eu não matei Marcos não. Se tivesse matado estava aqui de vacilo?. Eu temo pela minha vida porque invetaram isso e agora o povo está acreditaando e querendo me matar”. Se defendeu Paulistinha

Fanca, por sua vez, alega que também não está envolvido na morte de Marcos e que quer apenas ajudar a provar a inocência de seu sobrinho. Os dois foram conduzidos à delegacia. “Essa ideia não procede não”.

 

Em depoimento, Paulistinha confessou que os 22 kg de drogas apreendidos na noite dessa quinta-feira em uma residência no Bairro Pio X eram realmente dele, mas não soube informar quem eram os homens que foram até lá e tentaram matar ele e um suposto morador do local. Segundo Paulistinha, os invasores estavam encapuzados. No tiroteio uma pessoa ainda não identificada foi ferida e levada em um carro.

 

O comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar em Cajazeiras, o Tenente Coronel Cunha Rolim, acredita que pessoas ligadas a Marcos Aleijado foram até a ‘boca de fumo’ acertar as contas com Paulistinha acreditando ser ele o autor do homicídio. 

O Tenente Cunha Rolim explicou que a polícia acreditava que o sangue encontrado na residência fosse do tio e sobrinho, presos na manhã desta sexta-feira, mas para surpresa de todos, eles foram presos após tiroteio.

“As buscas continuaram acreditando que iam encontrar um ou os dois mortos, mas seguindo uma informação a polícia prendeu os dois indivíduos”. Contou o comandante.

Ele informou que em poder de Fanca foi apreendido um quilo de maconha, além de vários objetos frutos de roubo e adiantou que na noite dessa quinta-feira (12), a polícia já havia apeendido 22 kg de maconha, mais cerca de 133 pinos de substância semelhante ao crack, que eram de propriedade da dupla.

 

O Comandante revelou que o sangue encontrado na residência dos acusados na madrugada desta sexta-feira ainda é mistério. “A polícia supõe que foi fogo amigo. Os próprios elementos que chegaram lá podem ter se ferido no alvoroço de tentar conta a vida dos acusados”.

Segundo Cunha Rolim, as buscas continuam com o objetivo de identificar os dois feridos que invadiram a residência na Zona Norte de Cajazeiras. 

“Estamos seguindo um rastro, o tráfico está sofrendo uma guinada e vamos juntar forças para formar uma Força Tarefa para acabar com essa vagabundagem que está atuando no tráfico de drogas. Estamos aproveitando essa oportunidade para dar uma guinada forte no tráfico de drogas e diminuir a onda de violência que é motivada pelo tráfico”. Declarou o Comandante do 6ºBPM

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan