header top bar

section content

Homenagens marcam sepultamento de Coronel da Polícia Militar que morreu após ser atingido com tiros

Sob muita comoção, familiares e companheiros de farda se despediram pela última vez do oficial militar. Corpo foi transladado da Capital para o interior

Por

06/08/2015 às 10h59

Sepultamento foi realizado em clima de muita comoção (Foto: Guilherme Epaminondas)

Centenas de policiais participaram do cortejo fúnebre do coronel reformado da Polícia Militar, Severino Epaminondas de Souza, de 57 anos, na manhã desta quarta-feira (05), na cidade de Pedra Branca, no Vale do Piancó.

Severino, morreu, no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Ele era coronel reformado da Polícia Militar e  foi baleado na noite da segunda-feira (3), no Distrito de Fagundes, no município de Lucena, no Litoral Norte do estado.

Leia também: 

Coronel da Polícia Militar morre após ser atingido com três tiros na Paraíba

O corpo do Coronel foi transladado da Capital e chegou por volta das 00:15h desta quarta (05) em Pedra Branca. Sob muita comoção, familiares e companheiros de farda se despediram pela última vez o oficial militar durante o sepultamento.

DIÁRIO DO SERTÃO com Diamante Online

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula