header top bar

section content

Psicóloga analisa assassinato da criança de dois anos: “Pai transferiu culpa para menina”. Vídeo!

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato.

Por

23/02/2015 às 15h42

Psicóloga analisa assassinato de criança

A psicóloga cajazeirense, Milla Jane avaliou o homicídio de uma criança de dois anos ocorrido nesse domingo (22), na região de Pombal. Ela disse que, de acordo com as informações cedidas pela polícia, o pai da menina, Ronaldo Bezerra, projetou na criança todas as suas angústias e insatisfações.

“É certamente um homem com baixa tolerância à frustação. Como ele suspeitava da paternidade acabou matando a criança que era alvo de sua inquietação”, disse.

Milla Jane afirmou que o uso de álcool e outras drogas pode ter contribuído para que o sujeito cometesse o homicídio, porém, não foi o fator determinante.

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato. “Ele achou que a única fuga para a situação”, disse.

Assista reportagem da TV Diário do Sertão 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”