header top bar

section content

Psicóloga analisa assassinato da criança de dois anos: “Pai transferiu culpa para menina”. Vídeo!

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato.

Por

23/02/2015 às 15h42

Psicóloga analisa assassinato de criança

A psicóloga cajazeirense, Milla Jane avaliou o homicídio de uma criança de dois anos ocorrido nesse domingo (22), na região de Pombal. Ela disse que, de acordo com as informações cedidas pela polícia, o pai da menina, Ronaldo Bezerra, projetou na criança todas as suas angústias e insatisfações.

“É certamente um homem com baixa tolerância à frustação. Como ele suspeitava da paternidade acabou matando a criança que era alvo de sua inquietação”, disse.

Milla Jane afirmou que o uso de álcool e outras drogas pode ter contribuído para que o sujeito cometesse o homicídio, porém, não foi o fator determinante.

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato. “Ele achou que a única fuga para a situação”, disse.

Assista reportagem da TV Diário do Sertão 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras