header top bar

section content

Psicóloga analisa assassinato da criança de dois anos: “Pai transferiu culpa para menina”. Vídeo!

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato.

Por

23/02/2015 às 15h42

Psicóloga analisa assassinato de criança

A psicóloga cajazeirense, Milla Jane avaliou o homicídio de uma criança de dois anos ocorrido nesse domingo (22), na região de Pombal. Ela disse que, de acordo com as informações cedidas pela polícia, o pai da menina, Ronaldo Bezerra, projetou na criança todas as suas angústias e insatisfações.

“É certamente um homem com baixa tolerância à frustação. Como ele suspeitava da paternidade acabou matando a criança que era alvo de sua inquietação”, disse.

Milla Jane afirmou que o uso de álcool e outras drogas pode ter contribuído para que o sujeito cometesse o homicídio, porém, não foi o fator determinante.

Com relação a tentativa de suicídio, a psicóloga afirmou que era a forma como ele se “livraria” da culpa e da responsabilidade da consequência de seu ato. “Ele achou que a única fuga para a situação”, disse.

Assista reportagem da TV Diário do Sertão 

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview