header top bar

section content

Região de Cajazeiras: Polícia prende cantor que espancou e pisou idoso no meio da rua

Vando Amado foi preso por força de mandado de prisão.

Por

11/02/2015 às 09h33

O Grupo Tático Especial (GTE) e a Polícia Militar prenderam nessa terça-feira (10), o cantor Geovane Dias Pereira, conhecido por “Vando Amado”, acusado de espancar um idoso no meio da rua.

A prisão ocorreu dentro do Fórum da cidade de São José de Piranhas, quando o acusado tentava se apresentar a justiça na companhia de sua advogada.

Vando Amado foi preso por força de mandado de prisão por agredir e pisar na cabeça de Joaquim Alves de Lima. Ele foi hospitalizado no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

Entenda o caso
O Grupo Tático Especial (GTE), da cidade de Cajazeiras, iniciou uma investigação esta semana que trata do espancamento do idoso, Joaquim Alves de Lima, em via pública.

A agressão ao idoso ocorreu no mês de janeiro, mas somente agora chegou ao conhecimento da polícia através de imagens de uma câmera de segurança. 

O fato ocorreu na cidade de São José de Piranhas e o acusado foi identificado por cantor Geovane Dias Pereira, conhecido por “Vando Amado”.

Nas imagens, o cantor dá um soco no rosto do idoso, que cai ao solo e tem a cabeça pisoteada pelo agressor.
Não satisfeito, Vando Amado continuou dando socos e pontapés no idoso, sendo interrompido por um popular que passava pelo local.

O espancamento durou cerca de dois minutos. A vítima sofreu várias lesões e foi socorrida para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
"TRAÍRA"

EXCLUSIVO: Rosilene rompe o silêncio, se solidariza com portais, diz estar arrependida em apoiar Amadeu na FPF e pede desculpas aos clubes

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus recebe os adoradores por excelência da Igreja Luz da Vida; Veja!

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na Tv recebe Guilherme Costa e Pisada do Chefe de Joca Claudino – PB; Confira!

EX-REITOR DA UFCG

VÍDEO: Thompson Mariz quer Ricardo no Senado e confirma João Azevedo para governador: “Não tem plano B”