header top bar

section content

Toni Garrido

Em constante recomeço

Por

03/05/2009 às 09h39

/Após quase seis meses do lançamento do seu álbum de estreia em carreira-solo, o cantor Toni Garrido (ex-vocalista do Cidade Negra) ainda se sente recomeçando. Após deixar para trás uma história de grupo bem sucedida, Toni tenta conquistar o seu lugar ao sol com "Todo canto sai do meu coração". Dividido entre as carreiras de ator e cantor, Garrido conversou com a reportagem de O Norte e contou alguns detalhes dessa nova fase da sua vida.

"Pensando nesse trabalho, acredito que mesmo sendo um álbum solo, não perdi o espírito de coletivo que me acompanhou durante todos esses anos", disse ele num rompante, já na primeira pergunta da entrevista. "Procurei trabalhar sempre com parceiros, isso me faz feliz, e eu precisava continuar sendo feliz", afirmou.

E o cantor busca a felicidade a todo custo. Em seu novo trabalho, Garrido se despe da capa do reggae que o acompanhou durante os tempos de Cidade Negra e se volta para uma "viagem pessoal" às influências declaradas do jazz e música black. "Tudo que tenho na minha vida me foi dado pelo reggae. Ele tem um espaço privilegiado na minha história e não tenho vergonha do meu passado. A diferença é que antes não podia desenvolver essas minhas influências com aprofundamento e dando a minha cara, o meu jeito.Acabei aproveitando para fazer um resgate do tipo de som dos tempos da Banda Bel e o do projeto Música Preta Brasileira."

O espaço só foi conseguido graças a sua saída do grupo há um ano. Apesar de negar qualquer desentendimento com os outros integrantes, o cantor deixa escapar que as relações já não eram tão harmônicas. "Não houve briga. Só cheguei um dia e vimos que não estava mais rolando, não acreditávamos nas mesmas coisas. Desejo tudo de bom a eles, mas o Cidade que eu participei já não existe mais. Não tenho mais contato com eles desde a nossa separação", confessou.

Tateando para descobrir qual o seu espaço atual, ele se mostra preocupado com os rumos que o mercado fonográfico tem tomado nos últimos tempos. "Estou aprendendo na marra a lidar com a distribuição de música por meio digital", falou, sem medo de parecer antiquado. "Não baixo nenhuma música pela internet e minha busca maior ainda é pelas pessoas que gostam de comprar CDs. Mas não sou ingênuo para ignorar que existem muitas outras formas de se ter acesso à música e vamos trabalhar isso da melhor maneira possível. Estamos criando a minha página no Myspace e pretendo ter uma relação mais próxima com a internet", completou.

Paralelo a retomada da carreira de cantor, Toni continua conciliando os trabalhos de ator e apresentador, mas, pelo menos por agora, a prioridade é a divulgação do álbum. "Estive há pouco tempo em Teresina (PI) e em São Luís (MA). Foi uma pena não ter podido passar em João Pessoa. Tenho muito carinho por essa terra e quero levar o show do Todo o meu canto para aí o mais breve possível. Estamos organizando uma turnê nacional bem bacana e não teria como conciliar o trabalho na TV nesse momento. Agora o ator está mais reservado, mas já já ele volta. Sinto falta", finalizou.

SAIBA MAIS
Garrido buscou velhos companheiros para se sentir mais confortável nesse recomeço de carreira. O álbum é co-produzido e mixado por Liminha, responsável por um dos maiores sucessos comerciais do Cidade Negra, o álbum "Sobre todas as forças". A direção artística é de Bruno Levinson. Nas faixas, participações especiais dos metaleiros Leo Gandelman, Serginho Trombone, Zé Carlos Bigorna e Marcio André ("Me Libertei"), do rapper Boss AC, um dos principais nomes da cena hip hop na Europa ("Rimas de Saudade"), do maestro e violoncelista Jacques Morelenbaum ("Minhas Lágrimas") e do funkeiro MC Sapão ("Fim de Semana Good Time"). Entre os parceiros de composições destacam-se Jorge Mautner, George Israel e o autor de novelas Tiago Santiago, com quem Toni trabalhou em "Caminhos do Coração", da Record.

Do Jornal O Norte

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada