header top bar

section content

Paralisação deixa escolas públicas da PB sem aula

Os professores da rede municipal e estadual de ensino vão paralisar suas atividades durante toda a sexta-feira (24). A mobilização é em relação a lei federal que instituiu o aumento do piso salarial do professor, que deve ser agora de R$ 950. O movimento acontece simultaneamente em todos os Estados do Brasil e é coordenado […]

Por

24/04/2009 às 07h55

Os professores da rede municipal e estadual de ensino vão paralisar suas atividades durante toda a sexta-feira (24). A mobilização é em relação a lei federal que instituiu o aumento do piso salarial do professor, que deve ser agora de R$ 950. O movimento acontece simultaneamente em todos os Estados do Brasil e é coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE).

De acordo com o Sizenando Leal, secretário do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba, 60% dos municípios não pagam sequer um salário próximo ao piso. "Tanto o Governo Maranhão, quanto a maioria dos municípios, iainda não respeitam a lei do piso, passando assim um atestado de falta de compromisso com a qualidade da educação publica", disse.

A partir de segunda-feira (27), o expediente nas escolas públicas voltam ao normal em todo o Estado.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Ascom

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis