header top bar

section content

106 presos escaparam após uma rebelião: Ao menos 94 presos continuam foragidos de cadeias no país

Rebelião em presídio na Grande Goiânia terminou com nove mortos

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

02/01/2018 às 11h20

Rebelião em Goiás terminou com nove mortos e agora 69 estão foragidos (Foto: Reprodução/Jornal Opção)

Ao menos 94 presos aproveitaram o Ano-Novo, escaparam de presídios e de delegacias do Paraná, Amazonas e Goiás entre o último dia de 2017 e o dia 1º de janeiro de 2018 e permanecem foragidos nesta terça-feira (2).

A maior fuga foi registrada na Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO), de onde 106 presos escaparam após uma rebelião.

Destes, 37 foram recapturados e, portanto, ainda há 69 detentos nas ruas, de acordo com a Superintendência de Administração Penitenciária de Goiás.

O motim, que ocorreu na segunda-feira (1º), deixou ainda nove pessoas mortas e 14 feridas.

Também ontem, dez presos serraram as grades de duas celas da Unidade Prisional do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), por volta da meia-noite, durante a queima de fogos do Ano-Novo, e fugiram. Dois foram recapturados e agora há oito fugitivos.

Para completar, no domingo (31), um grupo de detentos cavou um túnel e fugiu da delegacia de Prudentópolis, no Paraná. Ao todo, 17 presos escaparam.

r7

Tags:
ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”