header top bar

section content

Homem é preso após ser flagrado por câmera torturando enteado com paralisia cerebral

Mesmo tendo conhecimento do vídeo o torturador não admitiu ter agredido o garoto e disse para a delegada que estava apenas fazendo um trabalho de fisioterapia

Por

09/03/2015 às 07h40

Na imagem, a mãe da vítima aguarda por informações sobre o estado de saúde do filho

Um homem foi preso por policiais da 73ª DP (Neves), em São Gonçalo, na tarde deste sábado, depois de ser filmado por uma câmera escondida torturando o filho da namorada, um adolescente de 13 anos que tem paralisia cerebral e é cadeirante. Jerferson Basílo, de 27 anos, estava com a mãe do garoto há dois meses, mas há duas semanas ela começou a suspeitar da relação do companheiro com o filho dela. Foi então que a mãe decidiu, junto com uma amiga, fazer o flagra. Ela colocou o celular para gravar e saiu de casa:

— As imagens são chocantes. O Jeferson tortura o menino com muito ódio. Primeiro ele torce os braços do garoto para trás, depois aperta o pescoço do menino. Em um determinado momento do vídeo, o agressor chega a aumentar o volume da televisão, para que o irmão mais novo do vítima, que está em outro comodo da casa não escute as pancadas — contou a delegada adjunta da 73ª DP Norma Lacerda.

Mesmo tendo conhecimento do vídeo o torturador não admitiu, no primeiro momento, ter agredido o garoto e disse para a delegada que estava apenas fazendo um trabalho de fisioterapia com a vítima, mas depois voltou atrás e admitiu o crime para os inspetores.

— Não existe argumento. As imagens mostram claramente o Jerferson torturando o menino. Ele está com o supercílio cortado e com os pés machucados — disse a delegada.

Jerferson foi indiciado pelo crime de tortura com qualificador pela vítima ser menor de idade e deficiente. O crime é inafiançável e se condenado ele pode pegar de 2 a 10 anos de prisão.

— Nós estamos indignados com tudo isso. Esse cara é um monstro. Ele não teve a menor pena de agredir um garoto impossibilitado de se defender. Agora, só pedimos para que a Justiça seja dura com esse rapaz — comentou a amiga da mãe da vítima que não se identificar. Foi ela que ajudou a bolar o flagra.

O menino está internado no Hospital estadual Alberto Torres, no Colubandê, em São Gonçalo. Ele já passou por vários exames e apresenta um quadro de muitas convulsões.

Extra

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!