header top bar

section content

Igreja de cidade brasileira afasta dois padres que engravidaram fiéis

Padres de duas cidades paranaenses não cumpriram a regra do celibato e deixaram suas funções nas paróquias

Por

24/02/2015 às 08h03

Padre Zenildo Megiatto foi um dos afastados pela igreja Foto: Facebook / Reprodução

Aquidiocese de Maringá no estado do Paraná anunciou nessa segunda-feira que dois padres foram suspensos de suas funções após desrespeitarem as regras celibatárias. Os sacerdotes Zenildo Megiatto, 65 anos, e Rildo Luz Ferreira, 35, serão pais nos próximos meses segundo informou a arquidiocese.

“Lamentamos profundamente o ocorrido e, dentro de uma postura de transparência fortalecida com a as ações de abertura do Papa Francisco, o que tenho a dizer é que qualquer eventual erro do nosso clero deverá sempre ser tratado de acordo com as normas do direito canônico. Que neste caso prevê a suspensão imediata do ministério sacerdotal”, dsisse o arcebispo Dom Abuar Battisti, em comunicado.

Zenildo Megiatto era pároco da paróquia Bom Pastor em Mandaguari e Rildo da Luz Ferreira era pároco da paróquia Bom Jesus em Aquidaban, em Maringá.

Assunto polêmico
Ao comunicar a suspensão em sua página no Facebook, a arquidiocese recebeu apoio e até protesto dos fiéis. "Gostaria que a Igreja discutisse a questão do celibato obrigatório. É uma pena, perder padres porque romperam com o voto de castidade. Quantos anos de ministérios tinham esses irmãos? Quantos anos se dedicaram a suas paróquias? Muito triste", disse a fiel Graça Ribeiro.

Já Diego Tanaka alega que "não há o que se discutir" em relação ao celibato. "Parabéns Dom Anuar pela atitude", completou o fiel André Peron.

Na última quinta-feira, o papa Francisco disse que está refletindo sobre o celibato e a situação de padres casados que celebram missas no rito oriental. "Isso está presente na minha agenda", disse o Pontífice, ao ser questionado sobre o tema durante um encontro com sacerdotes em Roma. Atualmente, padres católicos de rito latino que se casam são automaticamente impedidos de exercerem a comunhão e celebrarem missas. No entanto, sacerdotes de rito oriental podem contrair matrimônio e manter suas funções.

Em maio do ano passado, Francisco afirmou que o celibato não é um dogma da Igreja Católica, ou seja, não é algo indiscutível em uma crença. Mas o Papa ressaltou que "aprecia" essa "regra de vida".

Terra

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan