header top bar

section content

Senador Vital busca junto a ANTT cumprimento de TAC para reforma da nossa malha ferroviária

Vital que vem buscando a inclusão de ramal na Transnordestina na Paraíba, destacou que o projeto não cumpriu o TAC.

Por

20/05/2014 às 15h02

Senador Vital do Rego em Brasília. Veja!

Depois de garantir a execução das obras de duplicação da BR 230 no trecho que liga Campina Grande a Cajazeiras no Programa de Aceleração do crescimento (PAC) o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) alertou que tomará providências sobre o não cumprimento de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado com a União para reforma da nossa malha ferroviária.

Vital que vem buscando a inclusão de ramal na Transnordestina na Paraíba, destacou que o projeto não cumpriu o TAC assinado com a União para reforma da nossa malha ferroviária. “Levei a denúncia à ANTT, pedindo providências”, afirmou o senador.

Autor do requerimento aprovado recentemente, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), solicitando audiência pública para debater a ferrovia o senador peemedebista já vislumbra os operários trabalhando no Estado, máquinas operando e o canteiro de obras em pleno funcionamento. “Esta é uma bandeira de luta que assumi na condição de Senador da República e vou lutar até o fim com todas as minhas forças até ver o projeto realizado”, afirmou o peemedebista.

Na visão de Vital, a Paraíba não poderia ter ficado fora da Transnordestina dado a sua importância econômica para o desenvolvimento do Nordeste. Ele lembrou que o projeto original incluía o estado paraibano na rota da ferrovia. Prova disso é que um monumento foi erguido na cidade de Cabedelo ao lado do Porto com o mapa do empreendimento e os dizeres “aqui começa a Transnordestina”.

Uma das mais importantes obras do Programa de Aceleração do crescimento (PAC) no Nordeste, a Ferrovia Transnordestina mudará a realidade da região onde serão instalados 1.728 Km de trilhos que cortarão os Estados de Piauí, Pernambuco e Ceará.

Para Vital a Transnordestina é um dos feitos mais significativos na história da economia brasileira, um empreendimento de porte gigantesco que, sem dúvida alguma, contribuirá decisivamente para a redução de nossas desigualdades regionais e sociais. “Não podemos aceitar que a Paraíba fique excluída desse projeto”, afirmou.

Conforme destacou o senador, a inclusão de um ramal da ferrovia no território paraibano promoverá a interligação do Porto de Cabedelo aos portos de Pecém e Suape, além do de Itaqui, no Maranhão e elevará em muito a capacidade de escoamento da produção de vários Estados, beneficiando o conjunto da Região Nordeste.

O parlamentar revelou que já solicitou a presidente Dilma Rousseff (PT) alteração no projeto notadamente na bitola métrica da ferrovia com forma de garantir que o ramal passe por dentro da Paraíba. Vital disse que tem tratado com a presidente Dilma e com a ministra do Planejamento Miriam Belchior um trabalho para que haja um investimentos na ordem de R$ 2 bilhões para transformar a bitola métrica em uma bitola mista, permitindo assim que a Paraíba seja inclusa no ramal da Transnordestina integrando o eixo do Ceará com o porto de Cabedelo.

O senador não tem dúvida que a Transnordestina será o vetor estruturante e logístico que trará desenvolvimento do Nordeste, e, particularmente para a Paraíba. Segundo cálculos do senador serão 600 quilômetros de ferrovia no trecho que compreende Cabedelo até Cazajeiras cortando todo o Estado.”Sem dúvida o projeto de construção da ferrovia Transnordestina impulsionará de vez, o processo de desenvolvimento econômico do Estado”, disse.

Da secom

Tags:
NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

VÍDEO!

Diário esportivo fala sobre os craques da Copa do Mundo e o futebol amador da cidade de Cajazeiras