header top bar

section content

Vital destaca projeto que prevê punição para quem demitir de pessoa com Aids

O projeto, foi aprovado na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ), presidida por Vital.

Por

03/05/2014 às 12h05

Senador defende pessoas com Aids

Sempre se posicionando contra qualquer tipo de preconceito ou discriminação, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) destacou o projeto em tramitação no Senado que prevê punição para quem demitir de pessoa com Aids. O projeto, foi aprovado na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ), presidida por Vital.

De acordo com a matéria, a discriminação contra portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) e doentes de Aids poderá tornar-se crime, punível com multa e prisão de um a quatro anos. A proposta (PLS 51/2003) voltou ao Senado após uma emenda feita pela Câmara dos Deputados e foi aprovada CCJ graças ao esforço de Vital.

A emenda suprimia dispositivo da proposta que definia como crime de discriminação de pessoas com Aids o fato de exonerar o demitir de seu cargo ou emprego. O relator da emenda ao projeto, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), havia feito, em maio deste ano, um parecer acolhendo essa emenda da Câmara. Mas, após receber informações da Secretaria de Saúde do estado de São Paulo, mudou de ideia e rejeitou a emenda.

Segundo Nunes, atualmente, os portadores de HIV têm plenas condições de trabalhar, em qualquer campo, e viver com responsabilidade social. Ele disse ter recebido da Secretaria de Saúde de seu estado, recomendação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) dizendo que não deve haver discriminação ou estigmatização dos trabalhadores em razão da doença e que sua demissão deve ser baseada nos mesmos critérios utilizados para todos os trabalhadores.

– Com esses argumentos, considero que a alteração feita na Câmara dos Deputados é um retrocesso na forma como a sociedade contemporânea tem encarado os portadores do HIV/Aids-  afirmou o relator.

Com base no parecer do relator, Vital observou que o objetivo da proposta, é proporcionar os meios legais para que sejam combatidos eficazmente "os preconceitos, as discriminações e as segregações sociais" ao portador do HIV.

Assessoria

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus com a participação dos membros da Igreja Assembléia de Deus Canaã

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico cajazeirense Léo Abreu fala sobre suicídio e doenças mentais no programa Xeque-Mate; veja!

TESTEMUNHO

VÍDEO: Ex-cantor de forró de Cajazeiras diz que foi ‘salvo’ por 15 pessoas e se tornou cantor evangélico