header top bar

section content

Aurora:Prefeitura adquire antigo Casarão da Reffsa

A Prefeitura de Aurora acaba de conseguiu a aquisição do prédio histórico conhecido popularmente com o Casarão da Reffsa". O antigo prédio serviu durante muito tempo com residência do agente da rede ferroviária quando o trem ainda era uma realidade em toda região. Edificado no inicio da década de 20, o velho casarão constitui uma […]

Por

20/04/2009 às 00h13

A Prefeitura de Aurora acaba de conseguiu a aquisição do prédio histórico conhecido popularmente com o Casarão da Reffsa". O antigo prédio serviu durante muito tempo com residência do agente da rede ferroviária quando o trem ainda era uma realidade em toda região. Edificado no inicio da década de 20, o velho casarão constitui uma verdadeira relíquia. Um testemunho vivo de parte importante da história de Aurora. Por pouco, não toma o mesmo destino do Galpão da Reffsa e da Cadeia Pública do município. Ambos demolidos há mais de 10 anos.

Sabedor da importância da preservação da memória histórica e cultural, o prefeito Adailton Macêdo decidiu pela aquisição da casa do agente atendendo a uma das primeiras propositivas da Seculte-Aurora.

O prédio está em estágio avançado de reforma e, conforme o secretário de cultura do município, o professor José Cícero, as obras se estendem igualmente ao prédio da Estação. O primeiro abrigará a sede da secreatria, albergando os departamentos de Cultura, Turismo e Esporte. Além de possibilitar um adequado espaço para Exposições permanetes, oficinas de artes e ofícios, bem como de lazer e entretenimento cultural. "Vamos criar novos espaços para nossos artistas e artesãos", disse o chefe da pasta. O casarão será por assim dizer um verdadeiro propulsor do novo movimento sóciocultural de Aurora.

O titular da Seculte, comemorou a aquisição do prédio por ser pesquisador e estusiasta da preservação da história de Aurora. Quanto à estação ferroviária, a idéia é abrigar a bibliotca Pública que terá seu acervo ampliado. O segundo salão da estação servirá a Ilha Digital e o centro um museu, espaço público-cultural e praça de alimentação(centro gastronômico valorizando a rica culinária local), disse o secretário. "Temos um projeto mais extenso com vistas ao tombamento de outros espaços históricos, a exempo do próximo, que será o antigo prédio que serviu como residência ao fundador de Aurora – Cel. Xavier, que remonta os idos de 1731, Além da estação e a casa do agente do distrito de Ingazeiras, finalizou.

JOSÉ CÍCERO
Da redação do Diário do Sertão
Aurora – Ce

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires