header top bar

section content

Pombal: Torre de Igreja corre risco de desabamento

A comunidade religiosa do município de Pombal, alto sertão, está vivendo o mesmo problema que passa a população de Sousa, mas com uma diferença: lá a Torre da Igreja Matriz está em pé, mesmo com fissuras na parte externa. A preocupação foi levada ao conhecimento dos técnicos do IPHAEP (Instituto do Patrimônio Histórico e Arquitetônico […]

Por

10/01/2009 às 17h38

A comunidade religiosa do município de Pombal, alto sertão, está vivendo o mesmo problema que passa a população de Sousa, mas com uma diferença: lá a Torre da Igreja Matriz está em pé, mesmo com fissuras na parte externa.

A preocupação foi levada ao conhecimento dos técnicos do IPHAEP (Instituto do Patrimônio Histórico e Arquitetônico do Estado da Paraíba). Profissionais do órgão já têm conhecimento dos rachões.

Apesar dos insistentes apelos do padre Ernaldo José, o Governo do Estado ainda não apresentou uma solução para o problema. E esta tem sido um dos principais motivos para os católicos pombalenses temerem um desabamento igual ao que aconteceu em abril de 2007 na cidade de Sousa.

O pároco disse que sua parte está sendo feita, que é comunicar as autoridades e cobrar uma resolução rápida. Padre Ernaldo garantiu que as fissuras vem aumentado e já foram constatadas pelo IPHAEP.

LEVI DANTAS
Da redação do Diário do Sertão em Sousa

Tags:
PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras