header top bar

section content

Doença rara intriga médicos: garoto de apenas 3 anos tem traços de um adulto

Com apenas 3 anos de idade, ele já possui traços físicos de um adolescente de quase 18. A doença do menino Victor Roseno Vasconcelos é rara e está sensibilizando a população do Alto Sertão paraibano.

Por

02/12/2008 às 09h41

src=http://cofemac.com.br/GRL_Servico/Victor/nova.jpgCom apenas 3 anos de idade, ele já possui traços físicos de um adolescente de quase 18. A doença do menino Victor Roseno Vasconcelos é rara e está sensibilizando a população do Alto Sertão paraibano.

Há pouco mais de um ano, a família do garoto, que mora na comunidade de Barra do Juá, na zona rural do município de Triunfo, começou a perceber que algumas partes do seu corpo estavam se desenvolvendo com muita rapidez. Victor mede 1,20m, já começa a desenvolver barba e bigode, seu timbre de voz é cada vez mais grave e seu pênis já possui pelos pubianos e alcançou tamanho desproporcional à sua idade.

Os médicos que já examinaram o garoto ainda não sabem se é um simples caso de envelhecimento precoce, já que sua mentalidade acompanha a evolução normal para uma criança de 3 anos.

Sua mãe, a dona de casa Maria Anália Vasconcelos, conseguiu um tratamento no Hospital Universitário de João Pessoa, mas por causa de dificuldades financeiras, teme ter que interromper as viagens para as consultas constantes e a medicação.

Dona Anália faz um apelo à população e às autoridades para ajudá-la no custo do tratamento. Ela lamentou a atitude da Secretaria de Saúde de Triunfo, que até agora não ofereceu sequer ajuda para as viagens até a capital.

Sensibilizadas com o caso, algumas pessoas até já propuseram que os veículos de comunicação da região tentassem entrar em contato com alguma rede de TV nacional para que fosse feita uma reportagem com o garoto. Perguntada sobre essa possibilidade, dona Anália disse que seria uma maneira de mostrar o problema para todo o Brasil e assim conseguir ajuda de mais especialistas no assunto.

Por enquanto, para quem quiser ajudar o garoto Victor, é só procurar a senhora Rosário, da loja Favo de Mel, na cidade de Uiraúna, ou ligar para o número (83) 3534 2010.

Da redação do Diário do Sertão
Com informações do portal da Cofemac

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória