header top bar

section content

Difusora cancela debate entre candidatos, Prefeito diz Léo temeu o confronto

No programa Boca Quente, da Rádio Difusora AM de Cajazeiras, desta quinta-feira (02), o apresentador Adjamilton Pereira noticiou e lamentou profundamente o cancelamento do debate que seria realizado..

Por

02/10/2008 às 17h01

No programa Boca Quente, da Rádio Difusora AM de Cajazeiras, desta quinta-feira (02), o apresentador Adjamilton Pereira noticiou e lamentou profundamente o cancelamento do debate que seria realizado na emissora neste mesmo dia entre os candidatos a prefeito Marinho Messias e Léo Abreu.

A decisão do cancelamento, segundo Adjamilton, partiu da própria direção da Difusora, ao receber inúmeros telefonemas, uns alertando e outros ameaçando a possibilidade de que um debate entre os candidatos a essa altura da campanha, onde os nervos dos partidários estão mais exaltados que o normal, poderia gerar um grande tumulto nas dependências da rádio.

“Tenho conhecimento dos inúmeros telefonemas que o nosso diretor presidente recebeu de ontem para hoje, de pessoas dos mais diversos segmentos da nossa sociedade, de pessoas pertencentes a diferentes facções políticas de Cajazeiras, uns alertando sobre a possibilidades de se registrar incidentes desagradáveis com o objetivo de tumultuar o debate e outros apenas ponderando sobre o acirramento do clima eleitoral nessa reta final da campanha, que poderia se acirrar cada vez mais a partir de um debate numa emissora potente como é a Difusora, além de outras ligações que traziam simplesmente ameaças veladas”, justificou o radialista.

Mesmo com a garantia do juiz eleitoral Edvan Rodrigues e do 6º Batalhão de Polícia Militar de que haveria segurança no local, a Rádio Difusora preferiu não mais realizar o embate. Segundo Adjamilton, pesou na decisão o trauma do último acontecimento registrado entre ele próprio e o prefeito Carlos Antonio de Oliveira.

No Blog de Fernando Caldeira

Pelo sim, pelo não, o que o povo anda comentando pelas ruas de Cajazeiras é que a desistência da realização do “debate” se deu, na verdade, pelo fato do candidato Marinho (DEM), dessa vez ter confirmado sua presença, o que impediria mais um monólogo do candidato oposicionista, como talvez fosse o desejo de muitos.

Prefeito
Para Carlos Antonio, faltou coragem do candidato das oposições (Léo Abreu) enfrentar Marinho. "Confirmamos a ida de Marinho ao debate agora foi cancelado, lamentável".

Como foi
Os dois bateram boca – sem trocadilhos – e quase fora às vias de fato no programa Boca Quente do dia 19 de Setembro. Adjamilton havia voltado a criticar ao vivo a obra de recapeamento asfáltico da prefeitura. Alguns minutos depois, Carlos Antonio ligou para rebater as acusações.

Não demorou muito para que a troca de farpas entre os dois transformasse o programa num verdadeiro pandemônio. A certa altura, quando Carlos Antonio ainda usava dos microfones da emissora para se defender, Adjamilton pediu que cortasse a ligação do prefeito.

Instantes depois, Carlos foi até a Rádio, acompanhado de sua comitiva, e se dirigiu até o estúdio do programa. Ao perceber a presença do prefeito, Adjamilton encerrou o programa às 15:15h da tarde, antes do horário.

Da redação do Diário do Sertão

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória