header top bar

section content

Agente de trânsito revela quais as principais infrações em Cajazeiras e pede ajuda do povo. Vídeo!

Além de terem que organizar o trânsito, os agentes também precisam ficar de olho nas infrações cometidas pelos motoristas. E não são poucas

Por Jocivan Pinheiro

22/03/2016 às 15h14 • atualizado em 22/03/2016 às 19h16

Por ser cidade polo de uma região que engloba 15 municípios, Cajazeiras recebe diariamente um fluxo de pedestres e veículos intenso e que tem crescido a cada ano acompanhando o desenvolvimento da cidade. Esse crescimento tem gerado um certo caos no trânsito, principalmente no centro, afinal o número de veículos triplicou, mas a estrutura urbana da cidade não foi planejada para tal.

Agente de trânsito Marlon Ehrich

Agente de trânsito Marlon Ehrich ressalta a importância da população na ‘fiscalização’ das infrações

Quem é responsável por administrar o complicado trânsito de Cajazeiras é a SCTRANS (Superintendência Cajazeirense de Transportes e Trânsito), que tem se desdobrado, através dos seus agentes de trânsito, para fiscalizar cada aspecto que envolve o tráfego de veículos e pedestres.

Além de terem que organizar o trânsito, os agentes também precisam ficar de olho nas infrações cometidas pelos motoristas. E não são poucas.

Segundo o agente Marlon Ehrich, as mais comuns são uso de celular ao volante, falta de cinto de segurança, falta de cadeirinhas para crianças e excesso de velocidade.

Na última Semana Nacional do Trânsito, a SCTRANS realizou várias atividades especiais em Cajazeiras, entre elas palestras nas escolas para conscientizar crianças e adolescentes. Marlon conta que sem a participação da população, é praticamente impossível fazer com que o trabalho do órgão seja completo.

– Nós cobramos isso diariamente, mas também vai da dedicação e da conscientização de toda a população para nos ajudar, porque é uma mão dupla – ressalta.

A SCTRANS também é responsável pela fiscalização e regularização de transportes alternativos que fazem linha para a zona rural ou para outros municípios, bem como os mototaxistas, que devem ser registrados no órgão e assim receberem coletes padronizados na cor azul.

Pessoas que forem flagradas atuando como mototaxista sem registro na SCTRANS podem perder 4 pontos na Carteira de Habilitação e receber multa de 85 reais. A população pode ajudar na fiscalização, acionando a SCTRANS pelo número (83) 99143 6482.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula