header top bar

section content

Casas em Cajazeiras são inundadas pela chuva e mulher ameaça suicídio. VÍDEO!

Com as chuvas da semana, as casas foram inundadas e a região está bastante acidentada, dificultando a locomoção dos moradores

Por Jocivan Pinheiro

30/03/2016 às 15h50 • atualizado em 31/03/2016 às 09h24

Há pouco mais de um mês, as famílias que moravam no sítio Bartolomeu, na zona rural de Cajazeiras, foram transferidas para uma Vila Produtiva Rural (VPR) por causa das obras da transposição do rio São Francisco. Elas foram indenizadas com novas casas na localidade, que recebeu o nome de VPR Bartolomeu.

Água invade todos os vãos das casas

Água invade todos os vãos das casas

Acontece que já na inspeção das residências antes de recebê-las, os moradores reclamaram de problemas estruturais e ouviram de um engenheiro a promessa de que em poucos dias seriam realizados reparos e tudo estaria normalizado. Mas a promessa até agora não foi cumprida e com o início do período chuvoso na região o caos se instalou na localidade.

Com as chuvas dessa semana, várias casas foram inundadas e a região está bastante acidentada, dificultando a locomoção dos moradores. As residências da família Silva foram as mais afetadas.

A casa de seu Damião, uma das mais afetadas

A casa de seu Damião, uma das mais afetadas

Na casa de seu Damião, de 62 anos, e dona Alzira, de 61, as noites têm sido de terror com a água invadindo todos os vãos. É preciso contar com a ajuda dos filhos, que passam a madrugada empilhando os móveis e puxando a água com rodos e baldes. Como se não bastasse, os filhos também enfrentam o problema de inundação em suas residências.

Para piorar a situação da família, dona Alzira sofre de depressão e na noite desta terça-feira (29) chegou a ameaçar suicídio durante a inundação.

A filha Josefa (34) filmou o momento da inundação enquanto pedia providências do engenheiro responsável pela construção das casas. Segundo ela, o mesmo problema é enfrentado pelas outras famílias, mas elas têm medo de denunciar.

– Eles não se manifestam, têm medo, e nós estamos fazendo isso pela vida da minha mãe. Mas como eles ficam jogando a gente de um lado para outro, eu não sei a quem fazer apelo mais. Seja lá quem for responsável por isso, que tome as providências o mais rápido possível antes que o mais trágico aconteça – disse a jovem.

VEJA MAIS FOTOS

.

DIÁRIO DO SERTÃO

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar