header top bar

section content

Na Globo: Ator natural do Sertão tem participação marcante na teledramaturgia de ‘Velho Chico’ Veja!

A experiência na novela também permitiu a Fernando conviver com grandes referências da teledramaturgia – nos bastidores e diante das câmeras.

Por Luzia de Sousa

07/04/2016 às 10h11 • atualizado em 07/04/2016 às 10h12

Ator da cidade de Conceição em Velho Chico

Em (14) de março a Rede Globo estreou a novela o Velho Chico, apresentando no elenco vários atores que estreavam em telenovelas. Um deles é Fernando Teixeira, natural de Conceição, Sertão do Estado que dá vida ao coronel Floriano. Aos 73 anos, ele carrega na bagagem um vasto histórico pelo teatro e pelo cinema. Mesmo com a experiência de artista veterano, ele contou que foi marcante se assistir na televisão. “Fiquei totalmente emocionado com a novela”, revelou.

Apesar de a estreia de Fernando na teledramaturgia só ter acontecido agora, a trajetória dele com o universo teatral não é recente. Em 1961, o conceiçoense se mudou para São Paulo, para estudar música. Por lá, decidiu alterar os planos e focou num curso de teatro. “Desde então, não parei mais. Já montei 43 espetáculos, mas atuei em poucos. Não me gostava muito como ator”, disse.

O interesse pela interpretação só veio, de fato, em 2001, quando recebeu o convite para integrar o elenco do filme “Por trinta dinheiros”, de Vânia Perazzo. “Foi o cinema que me provocou. Entre curtas e longas, já participei de 39 trabalhos”, explicou. Mesmo com a experiência nas produções para a telona, o ator contou que o trabalho na TV tem muitas diferenças. “As duas linguagens se parecem muito, mas na TV as coisas funcionam de maneira mais rápida. É tudo muito ágil, interferindo no ritmo do trabalho e nos detalhes da interpretação”.

A experiência na novela também permitiu a Fernando conviver com grandes referências da teledramaturgia – nos bastidores e diante das câmeras. Um deles é o diretor artístico de Velho Chico, Luiz Fernando Carvalho. “Trabalhar com ele foi fora do normal. É um cara muito ligado a estética da imagem, ao aprofundamento, ele é muito estudioso. E poder contracenar com nomes como Tarcísio Meira é um grande privilégio. Tarcísio é um mito. Ele é alegre, amigo, uma figura interessantíssima”, destacou.

DIÁRIO DO SERTÃO  com ConceicaoVerdade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan