header top bar

section content

Sem salários, servidores de setores da Secretaria de Saúde do Município de Patos fazem apelo em redes sociais

Os servidores querem que o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) tome medidas mais duras diante do constante atraso dos vencimentos.

Por Redação Diário

13/07/2016 às 19h01

Prefeitura de Patos, Paraíba

Dezenas de servidores da Prefeitura Municipal de Patos, lotados na Secretaria de Saúde, estão fazendo diversas postagens nas redes sociais em protesto por mais um mês de atraso nos vencimentos que deveriam ser pagos até o 5º dia útil do mês ou mesmo dentro do mês trabalhado.

Até esta quarta-feira, dia 13, servidores de vários setores estão sem receber salários, no entanto, cargos comissionados, contratados e categorias efetivas de órgãos distintos já tiveram seus vencimentos depositados em conta no Banco do Brasil. “Cumprimos nossas obrigações mesmo diante de inúmeros problemas de falta de material, cumprimos nossos horários e o mínimo que esperamos é o nosso salário pago no fim do mês, mas há vários meses sofremos essa verdadeira humilhação”, relatou um servidor do CERPOD que pediu para não ser identificado.

Os servidores querem que o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) tome medidas mais duras diante do constante atraso dos vencimentos. O sindicato entrou com uma ação judicial contra a Prefeitura Municipal de Patos, mas até o momento não houve posicionamento da justiça diante da causa.

Trabalhadores do laboratório, CERPOD, Pronto Atendimento Maria Marques, dentre outros setores, estão indignados com a gestão municipal, pois relatam que houve aumento de contratados, comissionados e que isso pode estar causando um inchaço na folha de pagamento que está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual (MPE) que vê descumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a prefeita Francisca Motta e o próprio MPE.

O secretário de Saúde do Município de Patos, José Francisco de Sousa, Zeca, disse que o atraso se deu devido a atrasos por parte do Ministério da Saúde. “Houve um atraso no repasse da Média e Alta Complexidade. Creio que até essa quarta-feira (13) todos os servidores recebam seus vencimentos”, relata Zeca.

Patosonline.com

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares