Cidades
30/11/2016 às 17h24 • atualizado em 30/11/2016 às 19h50

postado por: Jocivan Pinheiro

Ricardo alega rebaixamento, mas diz que o recapeamento de Cajazeiras é prioridade

Governador explicou que a verba para obras em Cajazeiras não foi liberada porque a Paraíba sofreu um rebaixamento de 'rating'

O Governo da Paraíba está tendo dificuldade de iniciar as obras de recuperação da malha asfáltica de Cajazeiras porque ainda não conseguiu a liberação dos recursos de um financiamento com o Banco do Brasil. No entanto, de acordo com o governador Ricardo Coutinho (PSB), essa obra de mobilidade urbana é uma das prioridades desse financiamento.

Ricardo explicou que o contrato do financiamento foi assinado em maio, mas a verba não foi liberada ainda porque a Paraíba sofreu um rebaixamento de ‘rating’ (classificação que avalia o valor do crédito de emissões de dívidas de uma empresa ou governo).

VEJA TAMBÉM: Ricardo manterá mudanças no financiamento de veículos e diz: ‘Não fui eleito por banco’

O governador disse que o rebaixamento foi “profundamente injusto”, visto que a Paraíba é um dos poucos estados que ainda está suportando a crise econômica sem atrasos salariais e outras perdas financeiras, segundo ele.

– O Brasil está vendo uma série de estados que não conseguem pagar absolutamente nada. Eu, mais uma vez, amanhã, começarei o pagamento do funcionalismo público e termino o pagamento dentro do mês trabalhado – ressaltou.

– Nós vamos recuperar isso, e saindo o financiamento, eu priorizei a mobilidade urbana em Cajazeiras no meio desse financiamento. Agora, eu quero que a vida da Paraíba não seja atrapalhada, quero o devido respeito com o povo da Paraíba e com o governo que sabe fazer o seu dever de cada – completa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário