header top bar

section content

BALANÇO: Entre bandas e estrutura, carnaval de Cajazeiras custou pouco mais de R$ 500 mil, e secretário revela quanto desse montante será pago pela prefeitura – VÍDEO!

Entre alguns problemas pontuais, o saldo foi bastante positivo, de acordo com o secretário de Articulação Política do município

Por Jocivan Pinheiro

02/03/2017 às 13h59

O carnaval de Cajazeiras chegou ao fim oficialmente na terça-feira, dia 28. Entre alguns problemas pontuais que, segundo os organizadores, eram resolvidos no próprio evento, o saldo foi bastante positivo, de acordo com o secretário de Articulação Política do município, José Anchieta.

Ao lado do prefeito José Aldemir (PP) e outros convidados, Anchieta participou do tradicional debate de carnaval da TV Diário do Sertão. Na ocasião, disse que o Carnaval 2017 foi um grande sucesso e que a atual administração pública municipal derrubou o discurso da oposição usado nos últimos anos, de que a Prefeitura não tem condições de realizar um carnaval gratuito.

– Tentaram convencionar um discurso em Cajazeiras de que era impossível a gestão pública fazer um carnaval gratuito sem comprometer os serviços essenciais. Esse foi o grande discurso dos últimos anos em Cajazeiras. E essa gestão, em pouco tempo, resgatou o carnaval público sem comprometer a folha de pagamento; pagando, inclusive, uma semana antes do final do mês. Portanto, esse foi o tiro de misericórdia nesse discurso utilizado ultimamente em Cajazeiras – comentou o secretário.

VEJA MAIS: Durante debate de carnaval, primeira-dama de Cajazeiras antecipa resgate do Xamegão, realização de festa de Natal com atrações nacionais e alfineta opositores

TV Diário do Sertão realizou o tradicional Debate de Carnaval

Segundo José Anchieta, os gastos da Prefeitura foram pequenos em função da parceria com a iniciativa privada. Só as atrações musicais custaram cerca de R$ 500 mil, mas com a arrecadação de um montante aproximado de R$ 400 mil em patrocínios, a gestão municipal vai arcar somente com pouco mais R$ 100 mil.

– Um carnaval nessa magnitude e o município investir pouco mais de 100 mil reais, acho que esse foi o grande passo que a nova gestão deu para consolidar cada vez mais esse evento turístico no calendário da Paraíba. Os problemas pontuais são pequenos para a grandeza do carnaval. São questões pontuais que a gestão resolve dentro do próprio evento e que vai melhorando casa vez mais para os eventos futuros – concluiu.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview