header top bar

section content

Aesa registra chuvas em pelo menos 104 municípios da Paraíba em dezembro; Previsão é de mais chuvas

“É uma época que, normalmente não chove muito. De um modo geral, o sol deve predominar na maior parte dos dias”, diz a previsão da Agência das Águas.

Por

29/12/2015 às 07h38

Aesa prevê chuvas rápidas em áreas da faixa litorânea

A Paraíba teve chuvas isoladas em pelo menos 104 municípios dos 129 monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) no mês de dezembro, com predominância entre os dias 18 e 28. Segundo a meteorologista Carmen Becker, as precipitações do mês variaram de fracas a moderadas e não foram persistentes, durando um ou dois dias.

Veja mais

► Semana na Paraíba deve ter chuvas e trovoadas do Litoral ao Sertão; confira previsão do tempo aqui!

“Essas chuvas pontuais são normais para dezembro. Esse ainda não é o período de chuvas, estamos ainda na pré-estação. A partir de fevereiro, espera-se que uma grande parte dos municípios seja favorecida, uma vez que esse é um período chuvoso principalmente no Sertão, Cariri e Curimataú’, explicou Carmen.

De 1º a 28 de dezembro, o município de Pitimbu foi o que registrou a maior precipitação, de 80,2mm. A lista segue com Santa Rita, com 73,4mm, Coxixola, com 70mm, Alhandra, com 68,4mm, e Serraria, com 66,9mm. João Pessoa teve 61,2mm de chuva nesse período e Campina Grande, 13,8mm.

Para janeiro, a Aesa prevê pancadas de chuva, mas a predominância de sol. “É uma época que, normalmente não chove muito. De um modo geral, o sol deve predominar na maior parte dos dias”, previu.

DIÁRIO DO SERTÃO com Aesa

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor