header top bar

section content

Agricultor das Várzeas de Sousa é destaque no Ministério da Integração Nacional

Atualmente a produção do irrigante atinge em média de seis a oito toneladas por mês, que abastecem a PB, PE e RN. Confira!

Por

03/06/2014 às 09h40

Agricultor Edinaldo José do Nascimento

O perímetro irrigado de Várzeas de Sousa, com uma área fértil de 4.391 hectares, se destaca na produção de orgânicos com certificado. Situado entre os municípios de Sousa e Aparecida, o Várzeas de Sousa é fruto da parceria do Ministério da Integração Nacional e o estado da Paraíba.

O agricultor Edinaldo José do Nascimento, 45, casado e pai de três filhos, nasceu em uma das propriedades do projeto e é responsável pela decisão de produzir orgânicos: "Eu nasci na agricultura. Nunca fiz outra atividade. Comecei a plantar no perímetro em 2006 e minha decisão de trabalhar com orgânicos foi a partir de um curso que fiz sobre agroecologia. Saí da aula com outra visão e optei por fazer algo diferente para mim, para minha família e para as pessoas".

Um diferencial do perímetro para a produção de orgânicos é o solo fértil, aliado à tecnologia de irrigação localizada. Nos seus cinco hectares, o agricultor planta banana, goiaba, coco, manga e hortaliças, todos cem por cento orgânicos. Embora produzisse sem agrotóxicos desde 2000, Edinaldo José afirma que só em 2010 conseguiu a certificação do IBD Certificações – Inspeções e Certificações Agropecuária. "Acredito que hoje as pessoas procuram alimentos de boa qualidade. A certificação dos meus produtos garante isso, que eu não uso agrotóxico em minhas frutas e hortaliças", acrescenta.

Atualmente a produção do irrigante atinge em média de seis a oito toneladas por mês, que abastecem a região, além das cidades de João Pessoa, na Paraíba, Recife, em Pernambuco, e Natal, no Rio Grande do Norte. "Mesmo com a seca produzimos o ano inteiro porque já utilizo técnicas para que isso ocorra. Hoje eu tenho tudo planejado para plantar e vender. Tudo o que tenho na minha vida veio da agricultura. Cheguei ao projeto só com uma bicicleta e hoje tenho motos, carro e minha casa própria", comemora.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Ministério da Integração Nacional

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula