header top bar

section content

Rede de abastecimento estoura, água alaga rua e invade casas; bairros ficam sem água

Com a danificação na rede de abastecimento, vários bairros ficararam sem água. Escolas e hospitais serão abastecidos com carros-pipa. Confira aqui!

Por

12/02/2014 às 22h30

Uma rede de abastecimento de água que abastece dezenas de bairros na cidade de Sousa estourou na noite desta quarta-feira (12), no centro de Sousa, por trás do Campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Com o estouro do cano, o asfalto da rua rachou em várias partes, e água se espalhou rapidamente por várias avenidas chegando até a invadir residências. A área foi isolada para evitar acidentes já que a pista está com várias rachaduras.

A água entrou na casa do sousense Assis Garrido. “Quando eu vi, a garagem estava cheia de água, e rapidamente entrou na residência”, disse.

 
                                                                               Água invadiu residências em Sousa (Foto: Diário do Sertão)

Funcionários do Departamento de Água, Esgotos e Saneamento Ambiental (DAESA), disseram que uma rede que abastece alguns bairros da cidade estourou, e que o registro foi fechado para que seja feita manutenção. A grande pressão na rede de abastecimento ocasionou o rompimento na encanação.

De acordo com o superintendente do DAESA, Fernando Perissê, os bairros que ficam entre a Estação e o centro da cidade ficarão sem água. Perissê afirmou ainda que o problema será resolvido nesta quinta-feira (13).

Por causa da falta de água, as escolas e hospitais serão abastecidos com carros-pipa.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula