header top bar

section content

Câmara de Cajazeiras realiza sessão em terreiro de candomblé e dá título a babalorixá. ASSISTA!

A sessão especial na casa llê Axé Runtó Rumboci fez parte da abertura oficial da Semana da Consciência Negra em Cajazeiras

Por

18/11/2015 às 18h07

Na noite desta terça-feira (17) o Poder Legislativo cajazeirense promoveu um momento histórico ao realizar uma sessão especial na casa llê Axé Runtó Rumboci e entregar o título de cidadão cajazeirense ao babalorixá Jackson Ricarte, provando mais uma vez que a Câmara de Cajazeiras apoia as diversidades e, por isso, é exemplo para a Paraíba. A sessão de propositura do vereador Marcos Barros abriu oficialmente a Semana da Consciência Negra em Cajazeiras.

Antes da entrega do título, os vereadores assistiram a várias manifestações religiosas e culturais de origem africana, como danças, tambores e capoeira. Mas o ponto alto da sessão foi mesmo a chegada do ‘Pai Jackson’ ao ‘terreiro’, conduzido pelos vereadores Valderi Dias e Neguin do Mondrian e pela vereadora Léa Silva.

A Semana da Consciência Negra em Cajazeiras, realizada pela prefeitura através da Secretaria de Políticas Públicas e Gerência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, se estende até o dia 20. A programação conta com diversas oficinas de dança, música, estética, shows, entre outros temas preparados por uma equipe de professores de Salvador-BA.

Questionado sobre o preconceito que as religiões afrodescendentes ainda sofrem no Brasil, Jackson disse que em Cajazeiras nunca se sentiu discriminado. “Comigo nunca existiu. Eu nunca senti preconceito em Cajazeiras. Até porque eu sou uma pessoa que quando quer uma coisa, não me importo o que pensem de mim, basta que eu queira para mim mesmo.”

O Governo do Estado também esteve presente na sessão, representado pelo líder municipal do PSB Rivelino Martins, que destacou o momento histórico que foi a sessão. “Essa noite ficou marcada na história de Cajazeiras, na história do Poder Legislativo e na história do movimento afro, porque não é qualquer ano que se faz uma sessão da Câmara dentro de um barracão de candomblé. A Câmara municipal de Cajazeiras está de parabéns.”

O desenhista Nonato Saraiva ressaltou que a sociedade precisa conhecer mais de perto as instituições religiosas afrodescendentes para acabar com o preconceito. “É a falta de conhecimento que traz o receio, e o receio leva ao preconceito. Então a gente precisa assistir um pouco e vivenciar o trabalho da instituição, tendo à frente o Jackson Ricarte.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’