header top bar

section content

Sindicalista: “Demissões no comércio de Cajazeiras é por falta de competência, e não pela crise”

Segundo Wellington Dias, as demissões foram muito poucas em Cajazeiras, e as que ocorrem não são por causa da crise

Por

08/12/2015 às 15h52

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Cajazeiras e Região (SINTRACS-CR) não acredita que a crise econômica do Brasil está afetando o comércio da cidade. Segundo Wellington Dias, as demissões foram muito poucas em Cajazeiras, e as que ocorrem não são por causa da crise, mas sim por falta de qualificação dos trabalhadores.

"Essa crise, mais do que econômica, é uma crise política. Mas o nosso comércio teve uma redução na questão de emprego muito baixa à vista do que se espera. E tem surgido vagas, mas precisa de trabalhadores qualificados. Esses não ficam desempregados", justificou.

Wellington alegou que algumas demissões acontecem como forma de reduzir os quadros de funcionários quando estão inchados, e é nesse contexto que se pode atribuir a culpa à crise econômica.

"Quando tem setores que eles acham que está sobrecarregado, que tem mão de obra sobrando, aí sim eles fazem com que reduza. Mas nas empresas que tem um quadro já adequado, não houve nenhuma rescisão de trabalhadores", disse.

Ele acredita que a partir de 2016 a situação econômica do país vai se estabilizar, principalmente se os embates políticos acabarem. "A gente tem entrado em contato com os diretores do Sindbens, da CDL, e eles estão um pouco amedrontados com a crise. mas eu creio que vai melhorar a economia quando acabar essa briga  política, esse golpe que estão tentando dar na presidenta."

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
CASOS QUASE PERDIDOS

VÍDEO: Médico cajazeirense relata ‘milagres’ na sala de cirurgia que ‘resgataram’ pacientes da morte

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

A divindade de Cristo e do Espirito Santo é bíblica? Programa Evangélico tira dúvidas em relação ao tema

EX-POLICIAL MILITAR

VÍDEO: Antes de virar pastor, ex-policial diz que matava pessoas porque resolveu “tomar o lugar de Deus”

CRISE EMOCIONAL

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar debate sobre ansiedade e depressão em estudantes universitários