header top bar

section content

Michael Jackson mantinha material pornográfico infantil e fotos de tortura animal, afirma site

Radar Online teve acesso a documentos policiais que comprovam crimes do astro

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

21/06/2016 às 15h02

Michael Jackson: cantor é acusado de pedofilia (Foto: Getty Imagens)

Michael Jackson colecionava material pornográfico infantil e imagens de tortura animal em seu rancho Neverland, de acordo com o site Radar Online.

O veículo teve acesso a documentos revelados pela polícia de Santa Barbara e divulgou essas informações nesta terça-feira (21). Em 2003, as autoridades locais começaram uma investigação e recolheram livros, fotos e vídeos eróticos.

À época, a prisão preventiva do cantor foi solicitada, mas retirada após ele comparecer espontaneamente à delegacia para depor.

O detetive Craig Bonner cita em relatório que o astro teria usado inclusive fotos sensuais dos sobrinhos para atrair e excitar jovens rapazes.

“Os documentos expuseram Michael como um predador manipulador viciado em sexo e drogas que colecionava imagens explícitas de sacrifício animal e sexo adulto perverso para fazer as jovens cederem às suas vontades”, teria dito um investigador ao “Radar Online”.

Medicamentos para tratar o vício em sexo também foram encontrados. No período, Michael foi processado por abuso sexual por vários homens, mas um acordo milionário o livrou da prisão.

Michael Jackson morreu em 2009, após uma overdose acidental de remédios.

R7

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares