header top bar

section content

Jovem de 23 anos morre asfixiada durante sexo: ‘Foi um acidente sexual’, apertei ‘forte demais’ disse o companheiro dela

Médicos afirmam que a psicóloga, de fato, morreu asfixiada

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

11/07/2016 às 16h18

Tania teria sugerido uma 'transa hardcore' ao colega de quarto Juan. (Foto: Reprodução)

Uma jovem de 23 anos foi encontrada morta, com sinais de sufocamento, na Cidade do México. Ela era psicóloga e teria sido estrangulada com um cabo pelo seu parceiro, que dividia um apartamento com ela e um terceiro amigo.

Juan, de 32 anos, afirma que Tania haveria sugerido sexo a três, após uma noite de bebedeira, tendo seu pedido negado por José. A psicóloga, então, teria sugerido a Juan uma “transa hardcore” entre os dois. Durante o ato, ele teria dado tapas na cara de Tania e a enforcado com um cabo, que estava ao lado da cama, a pedido da mulher.

Inicialmente, Juan teria afirmado à polícia que era inocente. Mas, posteriormente, assumiu a culpa diante do suposto “acidente sexual”, confessando que havia apertado “forte demais” o pescoço de Tania.

Médicos afirmam que a psicóloga, de fato, morreu asfixiada. No entanto, as investigações ainda não foram encerradas e Juan permanece detido.

Extra

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!