header top bar

section content

Pânico na Band é banido de evento após brincadeira desrespeitosa e preconceituosa

Para os organizadores, o Pânico" levou ao evento seus preconceitos de gênero e seu franco desrespeito, entrevistando cosplayers com grosseria

Por

07/12/2015 às 15h53

Em nota, a organização da Comic Con Experience (CCXP) repudiou a cobertura desrespeitosa do "Pânico da Band" do evento de 2015 e anunciou o banimento da cobertura do programa nas próximas edições. 

Alegando que o espaço é livre de preconceitos, incentivando seus convidados — cosplayers, nerds, gamers, cinéfilos, leitores de quadrinhos e simples curiosos — convivam com respeito, a CCXP diz que viu com "tristeza e um sentimento de desgosto" a maneira como o programa "incapaz de lidar com o diferente".

Para os organizadores, o "Pânico" levou ao evento seus "preconceitos de gênero e seu franco desrespeito, entrevistando cosplayers com grosseria – chegando a lamber uma visitante". Assim, a CCXP anunciou que o programa "foi banido da CCXP 2015 e de todas as atividades organizadas a partir de hoje".

"Não se trata aqui de discutir limites de humor. A cobertura do Pânico na Band da CCXP 2014, inclusive, foi muito bem-humorada e eles foram credenciados para a nova edição dentro desse espírito. No entanto, assédios moral e sexual são temas seríssimos e preocupações constantes em convenções de cultura pop no mundo inteiro – assim como fora delas. As atitudes do Pânico na Band dentro da CCXP representam um retrocesso que não podemos aceitar. Ninguém pode, não mais".

Portal Imprensa

Tags:
PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Saiba como descobrir sua vocação profissional e ser bem-sucedido da universidade ao trabalho

NO PROGRAMA OLHO VIVO

VÍDEO: Com doença grave, homem faz apelo à 9ª Regional de Saúde em Cajazeiras por medicamento atrasado

QUATRO DIAS DE EVENTOS

VÍDEO: Secretário convida população para o Arte Agosto, que começa hoje em Cajazeiras; veja programação!

DIA 20 DE SETEMBRO

VÍDEO: Professor pede que o povo fique de olho em quem vem só ‘vender o peixe’ no debate de Cajazeiras