header top bar

section content

Cantora da MPB é processada por porte ilegal de arma de fogo

Maria Bethânia não tem permissão para portar ou transitar com o artefato.

Por

16/07/2015 às 15h40

Maria Bethânia é processada por porte ilegal de arma de fogo junto com seu segurança particular

A cantora Maria Bethânia e o segurança Adevan Barbosa Lourenço foram indiciados por porte ilegal de arma de fogo. A denúncia foi encaminhada pelo Ministério Público estadual à 31ª Vara Criminal do Rio, onde o processo tramita. “Após a apresentação da defesa, o MP se manifestará e o processo seguirá para designação de audiência ou poderá ser determinada a absolvição sumária da cantora, se comprovado que não foi ela quem emprestou a arma”, diz a nota do órgão.

No dia 5 de junho, dois policiais abordaram um homem durante patrulhamento habitual, pela manhã, na Estrada das Canoas, em São Conrado, em frente à casa de Bethânia. O vigia da artista portava revólver de calibre 38 sem registro, e foi preso em flagrante. Uma assessora levou a documentação da arma, em nome de Maria Bethânia, à delegacia (14ª DP, no Leblon), mas a cantora não tem permissão para portar ou transitar com o artefato.

Após o pagamento de uma fiança, Lourenço foi solto. Em depoimento, disse que só usava a arma durante o expediente, cumprindo o combinado com a patroa, para quem afirmou trabalhar há cinco anos. Caso sejam condenados, ambos podem responder por pena de dois a quatro anos de reclusão e multa, previstos pelo artigo 14° do Estatuto do Desarmamento (Lei 10826/03).

Veja

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017