header top bar

section content

Pesquisa revela que acreditar na sorte dá azar; veja!

Acreditar na sorte dá azar, diz pesquisa

Por

09/02/2015 às 08h30

Pesquisa revela que acreditar na sorte dá azar (Foto: Reprodução)

Tem gente que confia tanto na sorte que chega a abusar. Aí conta com ela para levar uma vida desregrada – dirigir feito louco sob efeito de álcool, comer pizza, hambúrgueres e ignorar saladas e legumes. E nessa sobra espaço para o azar.

Nem precisava de pesquisa para desconfiar disso. Mas o pessoal da Universidade de Melbourne, na Austrália, decidiu entrevistar 7 mil pessoas e acabar com qualquer dúvida. 

Todos eles contaram sobre o estilo de vida, rotinas de exercícios físicos, dieta e quanto acreditavam em destino e sorte.

E quanto mais as pessoas acreditavam em sorte e acaso, menos saudável era o estilo de vida delas. Eles fumavam e bebiam mais, não se importavam com a alimentação e quase não se exercitavam. Os mais certinhos preferiam acreditar que a vida era escrita por eles mesmos, sem essa de predestinação, “era pra ser” – por isso se cuidavam muito mais.

Acreditar em sorte até que é bom, pode te deixar um pouco mais otimista e esperançoso. Só não dá para jogar tudo nas mãos dos destinos

Super

Tags:
ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”