header top bar

section content

Em nota, TV Globo diz que beijo gay entre Félix e Niko é fruto de “sensibilidade do autor”

Niko (Thiago Fragoso) beijou Félix (Mateus Solano).

Por

01/02/2014 às 10h52

Depois de muitas polêmicas e de uma enorme campanha pelo tão esperado beijo gay em novelas da TV Globo, a emissora carioca emitiu uma nota oficial sobre o desfecho de “Amor à Vida”, um dos finais de novela mais comentados dos últimos tempos no País.

Segundo a TV Globo, a cena levada ao ar na noite desta sexta-feira (31) em que os atores Matheus Solano e Thiago Fragoso é reflexo da “sensibilidade do autor na construção da história” e respeita “ a premissa e relevância para a história".

“A pertinência desse desfecho foi construída com muita sensibilidade pelo autor, diretor e atores e assim foi percebida pelo público”, diz a nota da TV Globo.

Na nota, a emissora da família Marinho afirma, ainda, que “o beijo entre Felix e Niko selou uma relação que foi construída com muito carinho pelos dois personagens” da novela Amor à Vida.

Assista!

Veja a íntegra da nota da TV Globo:
"Toda cena de novela é consequência da história, responde a uma necessidade dramatúrgica e reflete o momento da sociedade. O beijo entre Felix e Niko selou uma relação que foi construída com muito carinho pelos dois personagens. Foi, portanto, o desdobramento dramatúrgico natural dessa trama. A pertinência desse desfecho foi construída com muita sensibilidade pelo autor, diretor e atores e assim foi percebida pelo público. É importante lembrar que o relacionamento homossexual sempre esteve presente nas nossas novelas e séries de maneira constante, responsável e natural. A cena esteve de acordo com essa premissa e com a relevância para a história".

Histórico
Vale lembrar que apesar de tanta polêmica e comoção sobre o final da novela “Amor à Vida”, o beijo gay entre Matheus Solano e Thiago Fragoso, o Félix e o Niko da novela de Walcyr Carrasco, não foi o primeiro da TV brasileira.

Na história da dramaturgia nacional, temos pelos menos três bons casos de beijo gay entre personagens homossexuais. O primeiro deles, claro, é o famoso entre as atrizes Vida Alves e Geórgia Gomide, em 1951. Naquela época, a TV Tupi fora a primeira a exibir um beijo entre duas mulheres do mesmo sexo, na novela “Calúnia”, dirigida por Walter Foster.

O primeiro caso entre homens aconteceu na minissérie “Mãe de Santo”, exibido pela TV Manchete em 1990. Substituta da nova novela “Pantanal”, a minissérie mostrou timidamente o primeiro beijo gay entre dois homens no horário nobre. Mas, por conta da baixa audiência, “Mãe de Santo” durou menos de um mês no ar e a cena entre os personagens Lúcio e Rafael não causou grande repercussão na mídia.

Veja o vídeo do beijo gay na TV Manchete, há 24 anos atrás: 

O caso mais recente aconteceu na novela “Revolução”, exibida pelo SBT em 2011, que mostrou uma cena de nítido beijo lésbico entre as personagens de Luciana Vendramini e Giselle Tigre. 

Fonte: ​Terra

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia