header top bar

section content

Nacional vence e assume liderança

Após a goleada sobre a Queimadense o Naça é líder isolado

Por

29/01/2009 às 00h57

Em uma rodada recorde de gols, o Botafogo venceu o Sousa em casa por 3 a 1 e conseguiu fôlego extra na competição. Quem também se deu bem foi o Campinense, que venceu de virada o Esporte por 3 a 2. Mas ninguém saiu mais vitorioso nesta quarta-feira (28) do que o Nacional, que goleou o Queimadense por 4 a 2 e assumiu a liderança isolada da competição.

Belo faz lição de casa – Tudo o que o Botafogo precisava era de uma vitória em casa. E a equipe da Maravilha do Contorno tratou de partir logo pra cima do Dinossauro, fazendo grande pressão durante os primeiros minutos de jogo, conseguindo abrir o placar aos nove, através do atacante Lindoval em um cruzamento que acabou com a bola cobrindo o goleiro.

Depois disso, a partida ficou mais equilibrada, com o Sousa chegando duas vezes com perigo à meta adversária. Mas o Botafogo quem aumentou o placar, no finalzinho do primeiro tempo através do também atacante Fredson.

No segundo tempo, o Belo é surpreendido logo aos 7 minutos, quando o Sousa diminui o placar com Alex. Depois disso, a equipe da casa poucas vezes chegou ao ataque do Sousa, que procurava o gol de empate a qualquer custo, mas sem sucesso.

Até que aos 42 minutos veio o tiro de misericórdia para o time do Sertão. Em uma jogada em que o goleiro Ricardo sai do gol para cortar a bola, o juiz acaba marcando pênalti em cima de Pelezinho, que Lindoval converte em gol e define o placar da partida: 3 a 1.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Portal Correio

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula