header top bar

section content

Medo de zika faz campeão olímpico congelar esperma antes de vir competir nas olimpíadas do Brasil

O britânico Greg Rutherford, do salto em distância, tomou a medida devido ao risco de microcefalia. Sua esposa também não virá aos jogos no Rio

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

14/06/2016 às 13h01

Greg Rutherford, campeão olímpico de salto em distância, decidiu congelar seu esperma por querer ter mais filhos e temer os riscos associados a uma possível infecção pelo zika durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. (Michael Buholzer/AFP)

O britânico Greg Rutherford, campeão olímpico de salto em distância, decidiu congelar seu esperma por temer uma possível infecção pelo zika durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Inclusive, Susie Verrill, esposa do atleta, decidiu que ela e Milo, filho do casal, não virão ao Brasil para acompanhar a competição.

“Não somos pessoas que nos preocupamos desnecessariamente, porém vários especialistas da medicina aconselharam a transferência dos Jogos para evitar a propagação da doença, o que se tornou um grande fator para decidirmos ficar. Além disso, quisemos congelar o esperma de Greg porque queremos muito ter mais filhos.”, explicou Susie.

A preocupação com o risco de microcefalia causada pelo zika levou o casal a tomar essa decisão. A infecção, que também pode ser transmitida sexualmente, foi associada a diversas más-formações durante a gestação e também pode provocar problemas neurológicos em adultos, como a síndrome de Guillain-Barré.

Leonardo Picciani, ministro dos Esportes do Brasil, afirmou não há a menor possibilidade dos Jogos Olímpicos serem adiados e ressaltou que os casos da doença estão em queda e poderão estar zerados até agosto, mês do evento.

“O Brasil está seguindo todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) contra o vírus. As autoridades brasileiras estão tendo sucesso nessa luta, tivemos uma redução significativa de casos. Primeiro foram registrados 4.000 casos, em maio já havia baixado para 700 e esperamos que cheguem perto de zero em agosto”, estimou o ministro do governo interino de Michel Temer.

Embora a Organização Mundial da Saúde (OMS) também tenha descartado a possibilidade de transferir a competição, o medo do zika tem causado inquietação entre os atletas. O jogador de basquete espanhol Pau Gasol disse que considera a possibilidade de não disputar os jogos e os golfistas Marc Leishman e Vijay Singh já desistiram do evento.

Veja com AFP

Tags:
PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa